Trump tem alta e anuncia estar muito bem: ‘Não tenham medo da covid’

Diagnosticado com covid-19, o presidente americano Donald Trump deixou por volta de 19h30 (horário de Brasília) desta segunda-feira (05/10) o hospital militar Walter Reed, na região da capital, Washington D.C.

Ele agora seguirá tratamento na Casa Branca, de onde apareceu tirando sua máscara e acenando logo após a alta.

Trump foi hospitalizado na sexta-feira (02). Ele apresentou sintomas graves de covid-19, como febre alta e quedas de oxigenação no sangue que o obrigaram a receber oxigênio suplementar.

Nesta segunda-feira, ele anunciou via Twitter que seria liberado da internação no fim do dia e escreveu: “Não sintam medo da covid-19. Não a deixem dominar suas vidas”.

Nesta segunda-feira, ele anunciou via Twitter que seria liberado da internação no fim do dia e escreveu: “Não sintam medo da covid-19. Não a deixem dominar suas vidas”.

Nesta segunda-feira, ele anunciou via Twitter que seria liberado da internação no fim do dia e escreveu: “Não sintam medo da covid-19. Não a deixem dominar suas vidas”.

Em seu tratamento até o momento, Trump recebeu dois tipos de anticorpos monoclonais experimentais, o antiviral remdesivir e o corticoide dexametasona, usado apenas em casos graves de covid-19. Ele também precisou de oxigênio suplementar.

O time de profissionais da saúde responsáveis pela atenção a Trump contava com 13 médicos e enfermeiros, liderados por Sean Conley, um médico oficial da Marinha responsável pela atenção primária ao presidente.

O time de profissionais da saúde responsáveis pela atenção a Trump contava com 13 médicos e enfermeiros, liderados por Sean Conley, um médico oficial da Marinha responsável pela atenção primária ao presidente.

Fonte: BBC