Vida FM Salgueiro FM

Servidores da Educação de Mirandiba decidem entrar em greve por tempo indeterminado

Durante assembleia realizada na manhã desta terça-feira, 22, profissionais da Educação de Mirandiba decidiram deflagrar greve por tempo indeterminado. As atividades das escolas municipais estão suspensas até que a prefeitura regularize os salários dos professores, merendeiras, zeladores e assistentes administrativos. A greve começa nessa quarta-feira, 23, em toda a rede municipal.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

3 comentários sobre “Servidores da Educação de Mirandiba decidem entrar em greve por tempo indeterminado

  1. Machado Freire

    Este é um caso para o Legislativo, o Ministério Público e a Justiça tomarem providências imediatas para que o Poder Executivo cumpra sua responsabilidade constitucional e mantenha em dia o pagamento dos servidores.

    Ora, os prefeitos não pagam aos funcionários com o dinheiro do seu bolso ou de suas budegas, o dinheiro é público, objeto dos impostos que pagamos.

    O não pagamento dos salários dos servidores é um crime e pode resultar no chamado crime de responsabilidade.

    O gestor público tem o compromisso de fazer cumprir o que a Lei determina.

    Se não tem competência, deve pedir afastamento do cargo imediatamente.

  2. Machado Freire

    Se as verbas são públicas (não sai do bolso dos prefeitos nem das budegas deles), não há nenhuma justificativa para o devido pagamento dos salários dos servidores, que são pais de famílias e têm suas obrigações.

    O Ministério Público e a Justiça devem atuar com firmeza e determinação em casos desta natureza, com máxima urgência.

  3. Francinaldo

    O MESMO, DEVERIA SER FEITO EM SALGUEIRO.POIS, OS ESTAGIÁRIOS DA EDUCAÇÃO ATÉ O EXATO MOMENTO NAO RECEBERAM O PAGAMENTO REFERENTE O MÊS 09/2019.
    SENDO QUE UM VEREADOR,FALOU NA TRIBUNA QUE SERIA PAGO NO DIA 10/10/2019. VEREADOR,SE HÁ UM DESEQUILÍBRIO DA PARTE RESPONSÁVEL POR OS PAGAMENTOS,SÉRIA MAIS CONVENIENTE NAO SE EQUIVOCAR COM TAIS INFORMAÇÕES.