Secretaria de Cultura de PE faz homenagem aos 90 anos do poeta que deu nome à escola salgueirense Carlos Pena Filho

Muito conhecido em Salgueiro por ter seu nome vinculado a uma das principais e mais tradicionais escolas da rede estadual, o advogado, jornalista e poeta Carlos Pena Filho será homenageado pela Secretaria de Cultura de Pernambuco nessa quinta-feira, 12. O evento “Entrar no acaso e amar o transitório” marca os 90 anos que o poeta faria em 2019 se estivesse vivo – Carlos Pena faleceu em 1ᵒ de julho de 1960.

O tributo, realizado com apoio da Companhia Editora de Pernambuco (Cepe), acontecerá no Museu do Estado de Pernambuco (Mepe), em Recife. A programação envolve dança, cinema, mesas de debate e lançamento do livro “Carlos Pena: uma poesia social”.

Estão confirmadas presenças do escritor Luiz Otávio Cavalcanti, autor do livro que será lançado no evento; do também poeta Samarone Lima, que vai falar sobre sua relação com o homenageado; e do músico André Rosemberg, idealizador do projeto Rosembac, no qual musicou o poema de Carlos Pena intitulado “A solidão e sua porta”. A entrada é gratuita.

Da redação do Blog Alvinho Patriota