Projeto “Passeando pela História” termina nesta quarta-feira em Serra Talhada

Chega ao fim nesta quarta-feira, 24, o projeto “Passeando pela História”, desenvolvido em Serra Talhada pela Fundação Cultural Cabras de Lampião. Alunos da Escola Municipal Enock Ignácio de Santa Rita, localizada na zona rural, irão reviver a história do Cangaço e vivenciar lugares que foram palcos de acontecimentos históricos de Lampião e seu bando.

O último passeio começa na Praça Agamenon Magalhães, marco zero do município que ainda possui construções dos séculos XVIII e XIX. Em seguida os estudantes visitam a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, construída por escravos no século XVII, e passam pela Casa da Cultura de Serra, onde terão contato com o acervo cultural e histórico do município.

Para concluir, o grupo visitará o Museu do Cangaço, maior do gênero no Brasil, que funciona na antiga estação ferroviária e reúne relíquias de Lampião. No local estão utensílios domésticos, armas usadas, fotografias, livros, filmes e documentários sobre os cangaceiros e outros itens de personagens que fizeram parte da história do cangaço. Os visitantes serão recebidos por monitores com vasto conhecimento sobre a vida e Lampião e ainda assistirão a uma palestra do pesquisador e escritor Anildomá Williansde Souza, especialista no assunto.

O projeto “Passeando pela História” envolveu cerca de 900 alunos das escolas públicas de Serra Talhada ao longo deste ano. A iniciativa conta com o incentivo cultural do Funcultura, Fundarpe, Secretaria de Cultura de Serra Talhada e Governo de Pernambuco, além de parceria com a Secretaria Municipal de Educação, Prefeitura de Serra Talhada e Fundação Cultural de Serra. 

Da redação do Blog Alvinho Patriota