Professores da rede particular de Pernambuco entram em estado de greve

Educadores de escolas privadas de Pernambuco, membros do Sindicato dos Professores de Pernambuco (Sinpro-PE), decretaram estado de greve nesta quarta-feira, 30. Medida é contra o anúncio da Secretaria Estadual de Educação sobre o retorno das aulas presenciais no dia 6 de outubro nas escolas de Ensino Médio públicas e privadas do Estado.

Presidente do sindicato, Hemilton Bezerra disse que o estado de greve foi decidido depois de um amplo debate da categoria que, em sua maioria, optou por não voltar às salas de aulas no próximo mês. O sindicato também ingressou com uma ação jurídica contrária a esse retorno.

Docentes da rede estadual também decretaram estado de greve na semana passada. Essa medida é tipo um aviso prévio dos professores ao Governo do Estado. Eles ainda não entraram em greve, mas podem cruzar os braços a qualquer momento.

Da redação do Blog Alvinho Patriota