Plantão Covif-19: Lista dos serviços essenciais conforme Decreto Presidencial

Prefeito de Ouricuri é condenado a 4 anos e 11 meses de prisão em regime semiaberto

O prefeito de Ouricuri, Ricardo Ramos, foi condenado pela Justiça Eleitoral a cumprir pena de 4 anos e 11 meses em regime semiaberto por crime cometido nas vésperas da eleição municipal de 2012. Também deverá pagar multa no valor de 247 salários mínimos.

De acordo com informações da TV Grande Rio, ele é acusado de ter transportado eleitores ilegalmente para o pleito vencido por Cézar de Preto. Na época, a Polícia Rodoviária Federal flagrou um ônibus transportando eleitores de Ouricuri, que residem em Petrolina, sem autorização da Justiça Eleitoral.

Mesmo com a sentença assinada pelo juiz Eleitoral Carlos Fernando Arias, Ramos pode continuar no cargo de prefeito porque a condenação é referente à eleição de 2012. Além disso, o gestor tem o direito de recorrer.

Em nota, o prefeito classificou a condenação como “absurda e totalmente desprovida de amparo em provas”. Ainda afirma que o próprio Ministério Público Eleitoral, autor do processo, opinou pela absolvição por ausência de provas e de comprovação de dolo.

“O processo possui diversas nulidades, devendo-se destacar o fato de que Ricardo Ramos deixou de ser notificado de diversos atos do processo, tendo o Juiz irregularmente designado defensor dativo”, destaca, informando que recorrerá ao TRE-PE.

Da redação do Blog Alvinho Patriota