PPS ‘abre as portas’ para candidatura de Luciano Huck

O apresentador de TV Luciano Huck participou nas últimas semanas de três reuniões com líderes do PPS para discutir cenários eleitorais e a entrada no partido de membros do movimento Agora, do qual é participante. Os encontros trataram de eventual candidatura do próprio Huck. Pessoas que participaram das reuniões classificaram as conversas como “iniciais e promissoras”.

Embora o PPS pretenda divulgar sua posição em relação à sucessão do presidente Michel Temer apenas em março, durante sua convenção nacional, líderes do partido confiam na filiação do apresentador até o fim do ano. Huck se reuniu na quinta-feira, 9 no Rio, na casa do economista Armínio Fraga, com o deputado federal e presidente do PPS, Roberto Freire, e o ministro da Defesa, Raul Jungmann. Outras reuniões com Freire ocorreram em São Paulo e Brasília.

Ao ser questionada pelo jornal O Estado de S. Paulo, a assessoria de imprensa do apresentador divulgou nota na qual admite as conversas políticas. “Como já foi dito, neste momento Huck não é candidato. Porém, ele está fortemente ligado aos movimentos cívicos do Agora e Renova. É natural estar conversando com todas as esferas políticas, inclusive com membros de partidos como o PPS. Uma posição pluripartidária. Ele tem muito respeito pelo Freire, Jungmann e Cristovam (Buarque)”.

O “flerte” de Huck com o PPS se deu por meio do Agora, movimento formado por empresários, acadêmicos e profissionais liberais. Segundo o cientista político e coordenador do Agora, Leandro Machado, Huck chegou até eles há cerca de um mês, por meio do irmão, o cineasta Fernando Gronstein, e tem participado de debates e reuniões, ouvindo e expondo ideias.

Fonte: Agência Estado

2 comentários sobre “PPS ‘abre as portas’ para candidatura de Luciano Huck

  1. Arnaldo Luciano de Alencar

    Por problema no teclado de meu Celular teve algumas palavras que sairam trocadas, mais eu dizer isso : que a classe política está tão desgastada que querem usar pessoas de bem com o público para querer chegar ao poder e se lá chegar, para governar vai ter de se aliar a políticos como Romero Jucá a Roberto Freire e nesse caso serviria somente para assinar o cheque,e que o PPS já foi um partido de esquerda , depois centro esquerda e hoje vive onde o poder estiver.

  2. Arnaldo Luciano de Alencar

    Esse é mais que a classe tão desgastada dos políticos querem usar para enganar o povo,chegando lá que se aliar de Romero Jucá a Roberto Freire para poder governar e faz fazer simplesmente o ato de assinar.O PPPS ja foi um partido de esquerda depois passou a centro esquerda e hoje vive onde o poder estiver.