Vida FM Salgueiro FM

Ponto de Vista: Pacto para o desenvolvimento do Sertão

É preciso integrar a região através do diálogo permanente, sincero e franco sobre sua problemática, evitando que serviços importantes para a população se eternizem nos projetos e principalmente com desperdícios como acontece com as obras inacabadas.

Há 50 anos se prometem a construção do Canal do Sertão, que seria a redenção do oeste do Estado, incluindo o Araripe.

O Sertão Central, parte do Araripe; o Agreste e Zona da Mata Sul, esperam a retomada das obras da Ferrovia Transnordestina que se encontra abandonada no meio da caatinga sob as ações do tempo, se acabando o que fora feito mediante altos custos.

Embora existam inúmeras obras inacabadas no âmbito dos Municípios e do Estado, citamos por ora apenas essas duas porque são de extrema importância para o momento, como indutoras do desenvolvimento, uma vez que terminadas gerarão renda e emprego para muita gente.

Hoje no Brasil temos mais de 12 milhões de desempregados e cerca de 40 milhões de irmãos vivendo na informalidade, um quadro que se arrasta há vários anos, cuja problemática repercute em todos os setores da sociedade, carecendo de ações efetivas para mudança desse vergonhoso quadro, proporcionando melhoria da qualidade de vida da população.

Com obras estruturadoras poderemos vislumbrar a curto, médio e longo prazos a garantia de empregos no âmbito da construção civil, hotelaria e o crescimento dos setores primários e terciários.

Diante disso, vemos a necessidade de conversar com todos os setores da sociedade civil que estão próximos da população, pois somente através da organização do povo poderemos ter um país mais justo e humano.

A classe política tem a obrigação de defender a sociedade, para isso não pode ficar longe dos seus seguimentos, principalmente da juventude que, por sua vez, precisa se organizar e participar mais para garantir a sua presença agora e no futuro.

É com esse propósito que estamos percorrendo todo o Estado, fazendo um diagnóstico das ações que precisam ser retomadas e outras continuadas, buscando o diálogo para concretizar uma espécie de pacto pelo desenvolvimento, especialmente do sertão onde estamos no dia a dia acompanhando a vida do nosso povo.

A experiência que tive como detentor de cinco mandatos consecutivos de Vereador em Salgueiro; de militante na área jurídica; da convivência com trabalhadores e trabalhadoras da cidade e do campo; com comerciantes, principalmente na condição de sertanejo que tem envolvimento com a agricultura desde menino, me permite fazer esta convocação a todos os amigos e amigas para construção de um caminho onde todos possamos andar sem tantos obstáculos.

Terei o maior prazer de dialogar com os políticos independentemente de seus partidos, mostrando-lhes que estamos muito atrasados nessa luta que causa tantos problemas, principalmente para as classes menos favorecidas.

Precisamos vestir a camisa da humildade e buscar solução para os problemas que afligem a sociedade, abominando a velha forma de se fazer política. Não fujamos da discussão. É preciso que a população volte a acreditar nos políticos, para isso, deixo o chamamento para a grande reforma que acontecerá este ano com a eleição de mandatários que orgulhem o seu povo.

Escrito por Alvinho Patriota

Um comentário sobre “Ponto de Vista: Pacto para o desenvolvimento do Sertão