Ponto de Vista: O legado de Dr. Chico

Engana-se quem achar que o legado de Dr. Chico foi sepultado com ele neste 11 de setembro, ao contrário, estamos falando de uma pessoa que ingressou na magistratura pernambucana, onde exerceu todos os cargos com muito zelo e ética em todas as instâncias: Juiz, Desembargador, Corregedor Geral, Presidente do Tribunal de Justiça. Ao se aposentar, voltou para Salgueiro onde se candidatou três vezes a Prefeito, obtendo expressivas e crescentes votações em cada disputa.

Em 2012, convidou a mim para compor a chapa majoritária, quando lhe propus que ele pudesse sair na cabeça, mas, demonstrando que não tinha nenhum apego pessoal a qualquer cargo e sim o desejo de servir ao nosso povo, concorreu na condição de vice prefeito. Depois de realizarmos uma campanha linda, embora não tenhamos saído vitoriosos nas urnas (obtivemos 43% dos votos válidos), consideramos que foi uma vitória política, pois, nossas propostas foram discutidas com transparência em todos os lugares do município.

Em 2016, entendi que não devia mais concorrer a eleição municipal, procurei Dr. Chico, a quem fiz um pedido, orientar a então candidata Paizinha Patriota, minha sucessora, que se elegeu Vereadora com expressiva votação, exercendo o seu mandato em harmonia com o prefeito, vice e demais colegas, sempre em defesa dos interesses de Salgueiro.

Agora, 2020, quando em discussão os rumos para a eleição que se aproxima, mais uma vez Dr. Chico convida Paizinha e lhe convida a se candidatar a sucedê-lo como vice prefeita, sem pedir nada em troca e sim, a certeza de que saberá cuidar do povo de Salgueiro, não deixando apagar os compromissos de quem tem responsabilidade com a coisa pública, lema defendido sempre pelo ilustre desembargador, carinhosamente chamado por todos Dr. Chico.

Não é a morte que apaga a história de uma pessoa que viveu para servir!

Por Alvinho Patriota