Ponto de Vista – A água está chegando…

ALVINHO VERDEO projeto de transposição de águas do rio São Francisco tem sido bastante criticado em face do aumento dos custos e atraso da obra. Reconhecemos tudo isso, mas não podemos desconhecer a importância de tão grande empreendimento em nossa região.

São dois canais, o leste que sai do município de Floresta em direção à Paraíba e o norte, partindo de Cabrobó para o Ceará e Rio Grande do Norte.

No eixo norte, só em Pernambuco, temos seis grandes barragens: tucutu, terra nova e livramento (Cabrobó). Mangueira, negreiros e malícia (Salgueiro). As duas primeiras já estão cheias, estando previsto para as duas seguintes (livramento e mangueira) encherem já no mês de março que se aproxima.

Também no eixo leste segue o mesmo ritmo o trabalho de abastecimento dos mananciais.

transposicao87024

No último mês de janeiro as chuvas ocorreram aqui no sertão, acumulando água em alguns reservatórios, mas não foram suficientes, pois muitas barragens continuam secas, sobretudo as maiores. Em fevereiro que está chegando ao fim, praticamente não houve chuva suficiente para acumular água nas barragens.

Chamamento

A transposição foi idealizada para abastecer 12 milhões de pessoas aqui no nordeste. Assim sendo, já que existem esses primeiros reservatórios cheios, é preciso que o governo federal, desde já, comece a implantar os limites e formas de aproveitar essa água, em abastecimento das comunidades e produção agrícola, estabelecendo a área que possa ser irrigada nas proximidades dos mananciais ao longo do percurso da obra.

Pois se formos esperar o término da obra, a finalidade do projeto se prolongará mais ainda, não atendendo ao seu fim social. É preciso que haja a utilização das águas dos reservatórios já mencionados, bem como a alimentação de outros da nossa região, como: algodões e boa vista em Salgueiro; barragem Nilo Coelho em Terra Nova; Entremontes em Parnamirim, para que possamos implantar projetos de irrigação visando a produção de fruticultura, piscicultura, pastagem animal, etc.

Infraestrutura

Simultaneamente devemos lutar para que seja concluída a ferrovia transnordestina e construído o aeroporto de cargas e passageiros previsto para Salgueiro, município entroncamento rodoviário que tem uma distância média de 550 km para todas as capitais do nordeste, compreendendo um dos mais estratégicos centros do Brasil.

Escrito por Alvinho Patriota

5 comentários sobre “Ponto de Vista – A água está chegando…

  1. Josnalista Machado Freire

    Pelas informações que temos – faz tempo, trata-se de um grande projeto.

    Em sendo implantado, esta nossa região (do Sertão Central) sofreria uma tremenda mudança do ponto de vista social e econômico, com a geração de emprego e renda.
    Pena que tudo atrasou.

    Pelo andar das coisas acho que dentro de cinco anos deverá acontecer muita coisa boa por aqui.

    Mas vamos continuar lutando para que tudo de bom possa acontecer.

    Não temos como desistir do Sertão !. Muito menos de Salgueiro, ora !

  2. Ademário

    Bom Dia

    Gostei da reportagem.
    E sei que obras publicas no Brasil, são difícil de sair por um golpe conhecido por jogos de planilhas, situação esta que faz com que as obras tenha os seus preços aumentado e resultam em obras com desperdiço estrutural e ao erário publico,
    Situação esta que politico nenhum possa mudar, pois situação decorrente de politicagem com interesse próprio que atrapalham o nosso pais.
    Reportagem como esta não são publicado na Midia como Rede Globo por exemplo, pois se olhar a reportagem da Globo por exemplo são só reportagem negativa que fala só do defeito das transposição, sempre sitando que o povo está sem água.
    Eu solicito que este site continuem fazendo esta reportagem, especificamente dizendo;
    A- Quais trechos de canais que estão pronto e quais estão em construção, de que km a que km;
    B- Quais reservatório estão cheio, e quais estão enchendo;
    C- Se alguma parte da obra paralisou;
    C- Ou seja noticia sem emoção partidária e tudo em tempo real, para que possamos ficar informado;

    E vou mais longe, e que temos que brigar para que se der preferencia a água para abastecimento humano e depois se sobrar para irrigação, demonstrado através de dados;
    E que esta água seja utilizada para a recomposição da caatinga entorno dos canais.

  3. Renato

    Meu amigo o assunto é sobre águas da transposição, tu vem aki falar em prefeitura , vamos deixar as emoções partidárias fora desse assunto . E em relação ao aeroporto de cargas e passageiros, esse projeto tá previsto para a cidade de Salgueiro ou de Serra Talhada???? Vi uma reportagem falando que esse aeroporto seria construido na cidade de Serra

  4. otaviano

    O q me causa estranheza é a prefeitura esconder do seu site está notícia. Bem como o fato do projeto da plataforma multimodal ter sido rejeitado, por ter sido mal elaborado pelo governo estadual. Fica clara a estratégia do prefeito: tentar esconder as boas notícias q não o favorece. Essa barragens devem impulsionar o desenvolvimento econômico e social da nossa cidade e precisamos de um gestor dinâmico e atuante q não fique restrito apenas ao “eu pago o funcionário em dia”.