Prefeitura de Trindade-PE cancela Carnaval por recomendação do MPPE

carnaval2017Após alguns anos realizando um dos melhores carnavais do Sertão de Pernambuco, o município de Trindade vai ficar fora da folia este ano. O prefeito, Everton Costa (PSB), decidiu acatar recomendação do Ministério Público e cancelou as festividades carnavalescas.

De acordo com o prefeito, a decisão foi tomada para garantir o pagamento de salários atrasados e “realizar ações que possam garantir a saúde e o bem estar das pessoas”.

O prefeito lamentou a não realização do Carnaval, admitindo que afeta uma parte da população, mas ressaltou que o pagamento de servidores e fornecedores deve receber uma atenção especial, pois todos irão pagar suas contas e garantir o sustento de muitas pessoas.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Concurso público para bombeiros militares segue com inscrições abertas em Pernambuco

concursopublicoAtravés de portaria conjunta das secretarias de Administração e Defesa Social, o Governo de Pernambuco abriu inscrições para concurso público com 300 vagas para soldados bombeiros militares, sendo que 5% das vagas são reservadas para pessoas. Depois de concluírem o curso de formação, os nomeados terão remuneração de R$ 2.319,88.

Os candidatos devem ter no mínimo 18 anos completos na data de ingresso e, no máximo, 28 anos na data de inscrição no concurso. O concurso exige nível médio e os candidatos devem possuir CNH, no mínimo na categoria B. Ainda é exigida altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres.

As inscrições seguem até o dia 26 de março no site do Instituto de Apoio à Fundação Universidade de Pernambuco (IAUPE). A taxa é de R$ 129,60. Maiores informações constam no edital, disponibilizado no site da organizadora do certame.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Bancada da Oposição solicita ao Governo de Pernambuco reforço da Força Nacional

Na manhã desta terça-feira (21), a Bancada da Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), no Palácio do Campo das Princesas, ofício endereçado ao governador Paulo Câmara (PSB), pedindo que o Governo do Estado solicite ao Governo Federal apoio da Força Nacional para reforçar a atuação da polícia e dos agentes de segurança durante o período carnavalesco.

O ofício foi entregue pelos deputados Silvio Costa Filho (PRB), líder da oposição; Joel da Harpa (PTN), vice-líder da oposição; Priscila Krause (DEM); Socorro Pimentel (PSL); Edilson Silva (PSOL); Ossessio Silva (PRB); Júlio Cavalcanti (PTB) e Augusto César (PTB).

O pedido apresentado pela Bancada da Oposição leva em consideração o aumento dos crimes no mês de janeiro, quando foram registrados 479 assassinatos, 10.691 crimes contra o patrimônio, 2.743 casos de violência doméstica contra a mulher e 148 estupros. Também preocupam os deputados, os incidentes ocorridos neste período pré-carnavalesco, como o ataque a uma empresa de segurança na madrugada de ontem (21).

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Secretaria de Administração de Petrolina vai recadastrar servidores em março

Começa em março o recadastramento dos servidores da Prefeitura de Petrolina, realizado pela Secretaria Municipal de Administração. O objetivo da ação é validar o quadro de pessoal, além de atualizar os dados cadastrais e funcionais dos servidores. Todos os servidores devem se recadastrar.

Segundo a secretária de Administração, Lucivane Lima, o recadastramento acontecerá em duas etapas, uma virtual e a outra presencial com a entrega dos documentos. A secretária pretende fazer esse processo sem causar transtornos aos servidores.

Ainda de acordo com Lucivane, o último recadastramento realizado pelo município aconteceu em 2008, mas os dados não foram atualizados na prática. Esse procedimento é obrigatório para todos os servidores (ativos e inativos).

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Primeira dama e servidores de Trindade recebem imagem da padroeira do Brasil

00trindade-santaNa representatividade do prefeito de Trindade, a primeira dama Conceição Barros recebeu na manhã desta terça-feira (21), juntamente com servidores municipais, a imagem da padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida.

Conceição demonstrou fé ao receber a imagem. “Deus conhece nossos corações e sabemos que a fé serve para o bem e isso nos cobre de desejo de solidariedade ao próximo. Nossa Senhora Aparecida tem esse exemplo para nos passar, onde aparecendo para pescadores, demonstra que precisamos nos apresentar de forma simples para que sirva de exemplo de brandura, luta e trabalho”, disse.

Além dos servidores, o ato também teve participação do secretário de Finanças, Ramon Leite; o Controlador Municipal, Marcos Luiz; e o Chefe de Gabinete, Valtenci Assunção. Todos rezaram o Terço Mariano e outras orações.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Universidade de Pernambuco divulga primeira lista de convocados do SISU

Esta semana, a Comissão Permanente de Concursos Acadêmicos da Universidade de Pernambuco (CPCA/UPE) divulgou a primeira lista de convocados, a partir da lista de espera do Sistema de Seleção Simplificado (SISU).

Em Recife e Camaragibe, as matrículas dos cursos devem ser feitas nesta quarta-feira (22), das 8h às 13h, no Pátio de Convivência da Reitoria da UPE, que fica na Avenida Agamenon Magalhães, bairro Santo Amaro.

Os candidatos classificados nos cursos oferecidos no interior devem se dirigir às unidades correspondentes aos cursos para os quais se inscreveram. Quem não se inscrever no dia determinado será eliminado automaticamente.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Fato & Foto (539)

A Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA), em parceria com o policiamento de Trânsito do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM), vem intensificando a ‘Operação Trânsito Seguro’ na zona rural do município. No começo desta semana, os policiais foram até Izacolândia, distrito de Petrolina, para combater a prática de delitos, além de dar mais segurança aos cidadãos e desenvolver o conceito de trânsito consciente e seguro.

Operação Trânsito Seguro 01

Manchetes dos jornais de 22/02/2017

O Globo
Indicação de Moraes ao Supremo passa em comissão do Senado

O Dia
Polícia prende militar do Exército e mais dois suspeitos de roubo na Zona Norte do Rio

Extra
Cabral admite uso de helicópteros do estado para fins particulares e vira réu pela 5ª vez

Folha de São Paulo
Relator de reforma tributária defende a volta da CPMF no país

O Estado de São Paulo
STF nega remessa a Moro de delação que cita Sarney e reforma decisão de Teori

Correio Braziliense
Jucá pede desculpas por citar ‘suruba’ e diz que se referia aos Mamonas

Valor Econômico
Receita divulga hoje as regras para declaração do IR 2017

Estado de Minas
Família procura pastor desaparecido há 13 dias em Contagem, na Grande BH

Jornal do Commercio
Mais três mortes suspeitas por arboviroses são investigadas em Pernambuco

Diário do Nordeste
Concurso para agente penitenciário com mil vagas será lançado em Fortaleza

Zero Hora
Ministro Eliseu Padilha passa mal e é internado no Hospital do Exército

Brasil Econômico
Empresas devem R$ 426,07 bilhões à Previdência Social; Varig lidera a lista

A Tarde
Assembleia aprova Funpen e Bahia poderá receber R$ 44 milhões

Correio da Bahia
Governo convoca 14 delegados e 15 escrivães do concurso de 2013

Tribuna da Bahia
Baiano Isaquias Queiroz concorre a prêmio de Melhor Atleta do Ano

Defesa de Lula contesta argumentos do governo em resposta à ONU

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentou hoje (21), ao Ministério das Relações Exteriores, contestação à posição adotada pelo governo brasileiro em petição apresentada pelo ex-presidente. Em julho do ano passado, Lula apresentou à Organização das Nações Unidas (ONU) uma petição em que alega ser vítima de violações de direitos humanos em razão das ações da Operação Lava Jato.

Apresentado ao Alto Comissariado de Direitos Humanos das Nações Unidas, em Genebra, na Suíça, o documento foi contestado em janeiro deste ano pelo governo brasileiro. Na peça protocolada, os advogados de Lula solicitam a reconsideração das informações prestadas pelo governo. O documento também foi entregue à Comissão de Direitos Humanos da Câmara.

Segundo o vice-líder do PT, Paulo Pimenta (RS), a defesa de Lula contesta o teor das alegações do Itamaraty, com o argumento de que a manifestação do governo assumiu uma posição em defesa de procedimentos que não encontram justificativa na legislação brasileira. “O governo brasileiro, notificado pela ONU para se manifestar, apresentou um documento fervoroso em defesa de procedimentos ilegais que não encontram justificativas na legislação brasileira”, disse.

Ao questionar as informações prestadas, a defesa do ex-presidente Lula aponta o fato de a resposta do governo ter sido atribuído à Missão do Brasil nas Nações Unidas, sem identificação do responsável técnico. “A defesa pediu a reconsideração desse documento, até porque ele não vem assinado por nenhum responsável técnico, e aguardará a manifestação do Itamaraty para tomar as medidas que entender necessárias”, afirmou o deputado.

Fonte: Agência Brasil

Avião cai em área de shopping na Austrália e mata 5 pessoas

Cinco pessoas morreram nesta terça-feira (21) após a queda de um pequeno avião na área de um shopping de Melbourne, cidade mais populosa da Austrália, perto do Aeroporto de Essendon. A aeronave pegou fogo e levantou uma grande coluna de fumaça na região.

“O piloto e os (quatro) passageiros morreram no local”, disse em comunicado a polícia do estado de Victoria.

A polícia afirmou que o piloto era de nacionalidade australiana: Max Quartermain, de 63 anos. Os quatro passageiros, todos homens, eram norte-americanos que viajvam para um evento de golfe, informação confirmada pela Embaixada dos Estados Unidos em Canberra.

O chefe do governo do estado australiano de Victoria, Daniel Adnrews, disse que o acidente pode ter sido provocado por uma falha no motor. “Pessoas morreram no que foi o pior acidente aéreo que ocorreu no nosso estado nos últimos 30 anos”, disse.

Antes, a ministra da polícia de Victoria, Lisa Neville, confirmou que o pequeno avião era um Beechcraft, que se dirigia à ilha King, na Tasmânia, e caiu pouco após decolar às 9h (local) do aeroporto de Essendon, o segundo em importância de Melbourne.

O pequeno avião emitiu um alerta quando decolava, segundo informou o superintendente da polícia de Victoria, Mick Frewen, explicando que aparentemente se tratou de “uma falha do motor”.

Várias unidades de bombeiros trabalharam no bairro de Essendon Fields, no norte da cidade australiana de Melbourne, para controlar as chamas provocadas quando avião se chocou na parte traseira de dois estabelecimentos comerciais.

Uma testemunha do acidente que se identificou somente como Jason disse à “ABC” que viu o acidente de um táxi. “Vi que voava muito baixo e rápido. Passou por trás do muro e não pude ver o choque, mas quando impactou o edifício surgiu uma imensa bola de fogo. Depois o que parecia a roda do avião caiu na estrada e bateu na parte dianteira do táxi enquanto estávamos em movimento”, comentou a testemunha à emissora.

A Australian Transport Safety Bureau (ATSB), que investiga as causas do acidente, afirmou que nenhuma pessoa do centro comercial ficou ferida. No entanto, diversas testemunhas, em estado de choque, tiveram que ser atendidas.

Fonte: G1

Ex-vice-presidente e banqueiro vão disputar 2º turno no Equador

O candidato governista, Lenín Moreno, e o opositor Guillermo Lasso devem se enfrentar no segundo turno das eleições presidenciais do Equador no dia 2 de abril, afirmou o presidente do Conselho Nacional Eleitoral, Juan Pablo Pozo, nesta terça-feira.

Com 95,4% dos votos apurados, Pozo disse em cadeia nacional que a tendência de segundo turno está “claramente estabelecida” e que os 5% restantes não podem reverter os porcentuais de votos recebidos pelos dois candidatos – Moreno, um administrador de 63 anos, tem 39% dos votos válidos contra 28% de Lasso, que presidiu o Banco Guayaquil e disputa a presidência do Equador pela segunda vez.

Segundo a legislação eleitoral do Equador, Moreno, ex-vice-presidente do governo de Rafael Correa entre 2007 e 2013, teria que obter ao menos 40% dos votos válidos mais uma diferença de 10 pontos porcentuais sobre o segundo colocado para conseguir uma vitória no primeiro turno.

Na eleição de domingo, cerca de 9,8 milhões de equatorianos foram às urnas para decidir entre a continuidade do modelo socialista instaurado por Correa há uma década ou uma mudança de direção no sentido de uma economia de livre mercado.O atraso na proclamação dos resultados oficiais finais da eleição gerou incertezas e alegações de fraude.

Apesar da diferença de mais de 10 pontos porcentuais que separa Moreno de Lasso, a ida da disputa para o segundo tuno é um grande revés para o governo, que, liderado por Correa, alcançou vitórias retumbantes nas urnas desde que assumiu o poder em 2007.

Moreno, que tem procurado distanciar-se do estilo de confronto de Correa e das acusações de corrupção que envolvem seu governo, parecia resignado sobre a definição da Presidência em um segundo turno, depois de ter previamente celebrado sua “vitória” nos primeiros resultados de boca de urna.

Lasso, acionista do Banco Guayaquil, que presidiu por quase duas décadas, pediu aos outros seis candidatos de oposição que se unam para enfrentar Moreno.

Entretanto, o banqueiro ainda desperta desconfiança em parte da população, que o associa com a crise financeira de 1999, que deixou o país atolado em desemprego e inflação.

Fonte: VEJA

Anistia aponta violações de direitos humanos no Brasil em 2016

A Anistia Internacional divulgou relatório nesta terça-feira (21) sobre violações dos direitos humanos no Brasil no ano de 2016, no qual afirma que a crise política teve impacto sobre essa área no país. O relatório “O Estado dos Direitos Humanos no Mundo 2016/2017” traz um panorama das principais violações e avanços no campo dos direitos humanos em 159 países.

Sobre o Brasil, o relatório afirma que, após o impeachment de Dilma Rousseff (PT), o novo governo de Michel Temer (PMDB) “anunciou diversas medidas e propostas que podem ter impacto sobre os direitos humanos, inclusive uma emenda constitucional (PEC 241/55) que limita os gastos do governo durante os próximos 20 anos, e que pode ter efeitos negativos nos investimentos em educação, saúde e outras áreas”.

Ainda segundo a Anistia, no Congresso estão em discussão várias propostas que prejudicariam os direitos das mulheres, povos indígenas, crianças, e lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros e intersexuais (LGBTI).

“O governo falhou em implementar a lei com rigor, e a violência doméstica e a impunidade continuam amplamente difundidas”, aponta a entidade, que também criticou os casos de estupro coletivo registrados no país.

A Anistia também afirma que a polícia “continuou a fazer uso desnecessário e excessivo da força, em especial no contexto dos protestos, atingindo principalmente jovens negros que moram em favelas e periferias”.

“A polícia usou força excessiva e desnecessária em vários estados para dispersar manifestações contra o novo governo e a proposta de emenda constitucional (PEC 241/55) que restringe os gastos públicos. Em São Paulo, uma estudante perdeu a visão no olho esquerdo depois que um policial lançou uma bomba de efeito moral que explodiu perto dela”, diz a entidade.

Segundo o relatório, as taxas de homicídio e a violência armada continuaram altas no país e autoridades falharam em propor um plano para abordar a situação. A Anistia cita o caso, ocorrido em 29 de janeiro, da morte de dez pessoas por homens armados na cidade de Londrina, no Paraná. Seis dos sete detidos durante a investigação eram policiais militares.

O relatório cita ainda a situação das prisões brasileiras, que “continuaram extremamente superlotadas, com relatos de tortura e outros maus-tratos”. “Rebeliões de presos ocorreram pelo país. Em outubro, dez homens foram decapitados ou queimados vivos em Roraima, e oito morreram asfixiados numa cela durante um incêndio numa penitenciária em Rondônia”, diz o documento.

Fonte: G1

Moraes defende que crime hediondo cometido por menor tenha pena de até 10 anos

Durante sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), nesta terça-feira (21/02), o ministro licenciado Alexandre de Moraes defendeu que a pena máxima de reclusão para menores de idade condenados por crimes hediondos deveria aumentar de três para dez anos de internação. Segundo ele, o Estatuto da Criança e do Adolescente “peca na proporcionalidade entre o ato praticado e a sanção”.

Moraes considerou ainda que os jovens devem ser separados em uma ala específica após completarem 18 anos. “Na minha experiência na secretaria de segurança pública de São Paulo percebi que, ao fazer 18 anos, então maior de idade, o jovem vira um líder e acaba incentivando maior violência”, afirmou o indicado ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Ele elogiou o Estatuto da Criança e do Adolescente, mas ponderou que a legislação precisa ser aperfeiçoada. “Nossa Constituição tem 101 emendas em 28 anos. A constituição do Japão, de 1947, não tem nenhuma emenda. Por outro lado, quando se fala em mudar estatuto do adolescente no Brasil parece até uma heresia”, disse Moraes.

O ministro licenciado lamentou a possibilidade de um menor de idade envolvido em um latrocínio ou homicídio permanecer internado por no máximo três anos, citando um caso de um jovem que matou a ex-namorada e o seu companheiro às vésperas de atingir a maioridade porque sabia que ficaria recluso por pouco tempo.

Moraes foi questionado pelo senador Magno Malta (PP-ES), que também fez perguntas sobre a legalização do aborto e das drogas. Nestes casos, o indicado ao STF se absteve de responder alegando que poderá julgar processos relacionados aos temas se a sua candidatura for confirmada.Malta indagou Moraes sobre como será a sua atitude em relação aos parlamentares, considerando a hipótese de ele assumir a cadeira de ministro.

Segundo ele, muitos ministros mentiram durante a sabatina para agradar aos senadores e depois se recusaram a atendê-los em seus gabinetes. “Aplicarei princípio da reciprocidade, vocês foram extremamente corteses (…) Uma autoridade recebe a outra autoridade dentro do seu gabinete”, respondeu Moraes.

Fonte: Época

Mulher é acusada de esfaquear companheiro em Araripina

Um homem identificado como Erielson Martins da Silva, de 31 anos, deu entrada na tarde desta segunda-feira (20) no Hospital de Araripina, com um ferimento provocado por faca. Segundo informações colhidas pela Polícia Militar, a agressão foi praticada pela companheira da vítima, Camila Maiara Cruz Sousa Silva, 28 anos. Ela foi detida pelos policiais e apresentada na Delegacia de Polícia Civil da cidade para prestar esclarecimentos.

Da redação do Blog Alvinho Patriota