Moradora da Vila URI reclama de transtorno provocado pela displicência da Compesa

Moradores da Vila URI, na zona rural de Salgueiro, estão revoltados com a displicência da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) para com a comunidade. Uma cidadã entrou em contato com o Blog Alvinho Patriota nesta quinta-feira, 18, e denunciou o transtorno provocado pela falta de responsabilidade de um funcionário da estatal.

“A água da Vila URI vem primeiro para uma caixa, quando está cheia vem um funcionário da Compesa abrir o registro para soltar a água para a comunidade, porém ele não está cumprindo com o seu papel como devido. A caixa enche e a água começa a derramar rua abaixo”, protesta.

As famílias que residem na vila estão precisando de água, mas ninguém está indo abrir o registro. Os moradores locais pedem que a Compesa resolva esse problema com urgência.

Da redação do Blog Alvinho Patriota