Ministério Público move requerendo que Prefeitura de Arcoverde construa abrigo para animais em situação de rua

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) ajuizou nessa terça-feira, 15, ação civil pública requerendo na Justiça que a Prefeitura de Arcoverde construa um abrigo de proteção aos animais em situação de rua. Para viabilizar essa medida, pediu, como liminar, que o município apresente em 60 dias um projeto para implementação de canil e gatil, bem como um local adequado ao recolhimento de quaisquer animais abandonados ou em situação de risco.

Autor da ação, o promotor de Justiça de Arcoverde, Bruno Gottardi, argumenta que a construção de um abrigo municipal para recolher, esterilizar e tratar animais abandonados, aliada a programas de conscientização das pessoas, é uma medida urgente que deve ser adotada pelo município.

O órgão moveu a ação provocado pela sociedade civil organizada, por meio da Associação Defensora da Fauna e Flora Arcoverdense, que protocolou abaixo-assinado de cidadãos da cidade. A finalidade é evitar acidentes de trânsito, ataques dos animais aos cidadãos nas ruas, preservar o meio ambiente e proteger a saúde pública.

Da redação do Blog Alvinho Patriota