Marcones Libório é réu em mais uma ação de improbidade administrativa ajuizada pelo Ministério Público

Tramita na 2ª Vara Cível da Comarca de Salgueiro mais uma ação civil pública de improbidade administrativa, movida em dezembro de 2017 pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) contra o ex-prefeito Marcones Libório (PSB). Neste caso, a promotoria pede que o ex-administrador municipal devolva R$ 584.918,00 aos cofres públicos e fique inelegível por 8 anos em decorrência de diversas irregularidades praticadas em 2012.

De acordo com o MPPE, entre as irregularidades estão descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), por não ter reduzido excesso de despesas com pessoal e ter realizado despesas não essenciais nos últimos meses do primeiro mandato; não aplicação do limite mínimo constitucional na saúde; repasse abaixo do regular das contribuições previdenciárias dos servidores, causando prejuízo à previdência municipal no valor de R$ 584.918,00; e não divulgação do Plano Plurianual e das prestações de contas no site da prefeitura.

O Ministério Público pede que a justiça puna o ex-prefeito com a suspensão de seus direitos políticos pelo prazo de 8 anos, devolução aos cofres públicos do município da quantia de R$ 584.918,00, além de pagamento de multa no valor de R$ 100 mil por dano moral coletivo. A promotora ainda solicitou a indisponibilidade dos bens de Marcones até o valor de R$ 684.918,00. Mais uma vez abrimos o espaço para divulgação de nota de esclarecimento do ex-prefeito.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

4 comentários sobre “Marcones Libório é réu em mais uma ação de improbidade administrativa ajuizada pelo Ministério Público

  1. Sócrates Alves Pereira

    O Ex Prefeito Dr Marcones é muito esperto e muito inteligente, mais o tempo dele está acabando, ele colocou muita gente para trabalhar com ele como construtor e prestadores de serviços como limpeza e transporte Escolar e de pacientes e tem gente que ficou desgostoso com o tratamento recebido e abriu a boca e tem gente que sabe de muita coisa e se falar vai complicar o prefeito e alguns vereadores que eram secretários, acho que a coisa vai pegar fogo até a eleição.

  2. Kafias Sá

    Dr. Coninho é inocente, ele é um coitado e foi induzido por pessoas inescrupulosas que estavam ao seu redor.

  3. Victor

    Resposta a Nota de Esclarecimento do Ex-Prefeito em outro blog:

    Não há ninguém comemorando, porque quem foi lesado foi o povo, o dinheiro público. Há em parte da sociedade sentimento de que as máscaras estão caindo. Aqueles que outrora se diziam donos da verdade, das boas administrações, estão tropeçando nas suas próprias soberbas.
    E concordo com o ex-prefeito, quem não cometeu nenhum ilícito não teme nenhuma ação judicial.

  4. Marcio

    Coninho, era tudo uma questão de tempo para as irregularidades suas e de sua bancada do chilique virem à tona para a maioria da população. Alguns já sabiam mas não tinham provas. O MPPE está aí apontando quase tudo até agora.