Vida FM Salgueiro FM

Lula livre: Não dá mais para “comer gato por lebre”

Por Machado Freire

O Brasil é um país de uma democracia nova que , vez por outra, cambaleia.

Vivemos, ao longo dos últimos 80 anos anos uma série de golpes e contra-golpes, tendo o último abalo à democracia acontecido em 1964, quando perdemos as liberdades democráticas e vivemos longos vinte anos sob o “regime de chumbo”.

Há aqueles que têm saudade do golpe militar de 1964, naturalmente por desconhecerem o que é a perda da liberdade.

Lula, que já havia amargado a ditadura quando era lider sindical (estava preso quando sua mãe morreu), acaba de vencer mais um ato de violência que lhe valeu a perda da liberdade por quase dois anos. Foi acusado de crime e preso antes do julgamento final do processo.

Mas sua liberação só foi possível porque a Justiça “chamou o feito à ordem” e fez valer o que a Constituição de Dr. Ulisses Guimarães exige e vinha sendo descumprido, desde uma vacilada do Supremo em 2016, quando passou a vigorar a prisão em segunda instancia..

Precisamos, agora, mais do que nunca, continuarmos vigilantes a tudo o que acontece na política nacional, regional e local.

Precisamos conhecer melhor a classe política do nosso Município, do Estado e do País.

Precisamos continuar lutando contra a corrupção e a necessidade de mantermos as Liberdades democráticas em defesa de todos dos brasileiros em todos os níveis.

Nós não somos mais crianças para aceitarmos “comer gato por lebre”.

4 comentários sobre “Lula livre: Não dá mais para “comer gato por lebre”

  1. Ronaldo Lélis Campos

    Seja honesto p/ não ser jugado mesmo que seja inocente a verdade prevalecerá.Mas isso não e o caso de Lula foi provado sagrementado. Enquanto a soltura dele foi uma manobra do supremos soltando um ladrão quantos foram souto isso de refletir…

  2. Machado Freire

    Paulo , entendo e respeito sua posição.

    Lamentavelmente (e isto é regra), quem prende e quem solta não somos nós. É a Lei.

    E, como você deve saber, as novas decisões dos nossos ilustres e bem pagos magistrados, no Supremo, em Brasília decidiram por 6×5 que fosse praticado (para julgar pessoas acusadas de diversos tipos de crimes) o que determina a Constituiçao Federal e o artigo 283 do Código Processo Penasl.

    Entendo, portanto , que com como o acusado só pode ser preso (nao mais na segunda instancia), depois que o processo esgote todos os trâmites, como se diz: trasitado em julgado..

    Fazer, o quê?

    Em nenhum momento em me arrependo da minha posição política. Jamais votarei em pessoas agora chamadas de ficha suja.

  3. Paulo Romero da Cruz

    Caro Machado, eu sou Palo Romero, vc deve lembrar muito bem da nossa luta, acontece que fomos decepcionados pelo maior farsante que o Brasil já viu, não viva de retórica, democracia não se faz defendendo ditaduras, democracia não se faz com corrupção generalizada, então tenhamos coragem de reconhecer nossos erros, e busquemos alternativas menos corruptas, defender Lula é defender tudo que acusamos de mal no regime militar. Chamávamos de corruptos, chamávamos de aplicarem a lei apenas para prender pobres, e o que vimos com a nossa tão sonhada democracia? Nunca, nem no primeiro momento conseguimos ser igualais a eles, desde o início os superamos, em mentiras, negociatas, proteção a camaradas desonestos, corrupção, e fomos muito além, destruímos o sistema educacional, tentamos destruir as famílias, erotizamos nossas crianças, etc……
    Hoje sinto vergonha de Mim mesmo, como pude contribuir de forma tão negativa, sendo enganado e apoiando esse verme que se Chama Lula. Que Deus nos livre deste mal,

  4. Roberto

    Precisamos continuar lutando contra a corrupção. Soltando corrruptos ? kkkkkkkkkkkkkkkkkkk ‘Inocente’ esse Machado