Vida FM Salgueiro FM

Impasse entre IF Sertão-PE e Prefeitura de Salgueiro prejudica estudantes

Alunos do Campus Salgueiro do IF Sertão-PE estão se sentindo prejudicados pelo impasse entre a prefeitura e o órgão federal sobre a responsabilidade do transporte dos discentes. Segundo informações de uma estudante, que pediu anonimato, nas últimas semanas a prefeitura está disponibilizando apenas um ônibus no turno da manhã. Quando não é fornecido, o IF Sertão usa o coletivo destinado às viagens e visitas técnicas. O percurso é marcado por superlotação e desconforto.

“Hoje mesmo não teve ônibus à tarde e tivemos que nos virar pedindo carona com professores ou ônibus de outras localidades pra voltar pra casa”, relatou a estudante, clamando por providências urgentes para o problema. Ela alerta que, caso não haja solução, os alunos podem fazer um protesto em frente à prefeitura.

Representantes da gestão municipal e do campus já se reuniram várias vezes para chegar a um acordo, mas não houve consenso até agora. Deslocar-se a pé para a unidade é algo que não está nos planos dos estudantes, já que a instituição fica praticamente na zona rural, distante 4,1 km do Centro da cidade.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

4 comentários sobre “Impasse entre IF Sertão-PE e Prefeitura de Salgueiro prejudica estudantes

  1. Alvinho Patriota

    Olá,

    A discussão está aberta. Importante (aliás, necessário) que tanto o Instituto Federal, como o Município emitam notas oficiais a respeito do assunto e não mantenham o silêncio diante de caso que prejudica a classe estudantil e, por extensão, a educação brasileira.

  2. Maria do Socorro Pereira da Silva

    A Prefeitura tem obrigação com os alunos da Rede Municipal de Educação, agora querer colocar a responsabilidade do transporte de Alunos do IF e do Erensal para o município é tirar a Responsabilidade do Governo do Estado, porque o Gerente da GERE não se manifesta ou o Diretor do IF SERTÃO, querem correr da responsabilidade e colocar na Prefeitura.

    1. Ramário de Carvalho Almeida

      Em meados de agosto de 2010, durante a inauguração do Campus Salgueiro do IF Sertão PE, as gestões do Campus Salgueiro e da Prefeitura Municipal firmaram compromisso para o transporte dos alunos do município, compromisso este que foi devidamente cumprido pelo ex-prefeito nos seus 8 anos de mandato. Infelizmente, para os alunos de Salgueiro, a nova gestão municipal não tem cumprido adequadamente com o compromisso firmado no período supracitado prejudicando o desempenho escolar das crianças, jovens e adultos salgueirenses.

      É interessante informar que o Campus Salgueiro oferece diversas modalidades de ensino, entre outras: o médio-integrado, subsequente e o superior, além de cursos de formação inicial e continuada (FIC), fornecendo uma educação de qualidade para os salgueirenses e alunos de cidades circunvizinhas. O instituto dispõe de veículos para o transporte de alunos em atividades de ensino, pesquisa e extensão, no entanto, em casos extraordinários, na ausência de transporte municipal, é disponibilizado para o transporte municipal dos seus alunos

      O Campus Salgueiro cumpre seu papel de entidade educadora, oportunizando o acesso e permanência dos alunos, através da implementação de diversas medidas administrativas e pedagógicas, dentre outras: auxílio alimentação, auxílio transporte, ajuda de custo, auxílio moradia e outras medidas de assistência estudantil para alunos de baixa renda. Não existe impasse entre o IF Sertão PE e a Prefeitura Municipal de Salgueiro! O que existe é falta de atenção e compromisso da gestão municipal com o seu povo.

      Estou fazendo este BREVE desabafo, pois é muito fácil colocar a culpa nas outras pessoas e em outras entidades. Difícil é reconhecer a incapacidade em gerir recursos públicos, não ofertando com qualidade os serviços básicos dos quais temos direitos como cidadãos salgueirenses. Vale lembrar que sou apartidário e que, ao contrário de alguns apadrinhados políticos, não dependo e nunca dependi de prefeitura para prover meus sustentos.

    2. Orlando Silva

      De quem é a responsabilidade de garantir que os filhos de Salgueiro tenham transporte para estudar em Salgueiro?

      É do interesse de Salgueiro ter seu povo qualificado para a geração de novas oportunidades?

      O investimento municipal na facilitação do estudo desses jovens trará benefícios para a cidade de Salgueiro?

      Será que a promoção universal da educação facilitada pelo poder público municipal ajuda no engrandecimento da cidade de Salgueiro?

      É interesse de Salgueiro ter uma instituição com cursos de todos os níveis (médio, graduação e pós-graduação) que prepara o jovem salgueirense gratuitamente para a vida?

      Havendo em Salgueiro uma instituição de ensino gratuito, de qualidade que promove a iniciação cientifica e a extensão universitária desde o ensino médio, vale a pena o poder público municipal contribuir para que ela gere muito mais frutos?

      Sim! Faltou a resposta da pergunta originária dessa matéria: de quem é a responsabilidade de transportar os nossos estudantes? Não vou responder a está pergunta. Deixarei que vocês mesmos a respondam. Mas, antes de responderem lembrem-se de que estamos no nordeste brasileiro, especificamente no interior do sertão pernambucano, região de inúmeras dificuldades surgidas e criadas, muitas vezes uma região esquecida pelos poderes públicos e desacreditada pelos setores privados. E aí? Deixaremos nossos estudantes à própria sorte? O município tem interesse em se desenvolver? Ou ficaremos como estamos? As respostas para todas essas perguntas estão contidas na resposta da pergunta principal desse texto: de quem é a responsabilidade da educação dos nossos estudantes salgueirenses?

      Através desse exercício cognitivo de complexidade simplória podemos refletir um pouco sobre o que queremos para a nossa querida Salgueiro.