Gonzaga Patriota se posiciona contra pretensão do Governo Federal de tirar Ferrovia Transnordestina de Pernambuco

A ideia do Governo Federal de concluir a Ferrovia Transnordestina apenas no Ceará não agradou o deputado federal Gonzaga Patriota (PSB/PE). Ao discursar na tribuna da Câmara dos Deputados nessa segunda-feira, 2, o parlamentar lembrou que é autor do projeto de construção da linha férrea e destacou que o governo não pode modificar a legislação.

“O governo está querendo suspender o trecho da Transnordestina em Pernambuco, mas ele não pode porque é Lei. Então é bom que o senhor ministro entenda que ele não pode alterar e eu, como autor desse projeto, como ferroviário que fui por mais de 10 anos, não posso aceitar esse absurdo de se tirar o trem do Nordeste, onde tem a fruticultura e tantas outras riquezas”, disse.

Para Gonzaga, a medida pode ser uma retaliação por conflitos políticos entre Bolsonaro e o governador pernambucano, Paulo Câmara. Ele lembrou que os dois governantes entraram em atrito por causa do 13ᵒ do Bolsa Família. “Pernambuco não pode, nem será prejudicado em função de discussões políticas”, completou.

Entenda

Durante evento realizado em Brasília no mês passado, o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Freitas, revelou que a CSN (Companhia Siderúrgica Nacional) pode ficar apenas com o trecho cearense da Transnordestina, o que reduziria o custo de conclusão da obra de R$ 7 bilhões para R$ 4 bilhões. Freitas acrescentou que o trecho pernambucano seria assumido por outro operador.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Um comentário sobre “Gonzaga Patriota se posiciona contra pretensão do Governo Federal de tirar Ferrovia Transnordestina de Pernambuco

  1. Anderson

    Tá muito desinformado a CSN só quer construir o ramal de Pernambuco em 2027, depois de construir do Piauí para Pecém no Ceará. (O dono da Transnordestina é Cearence) O governo Federal vendo a jogada vai transferir a construção para outro grupo possivelmente os Chineses quê podem terminar até antes do quê o do Ceará, é assim deputado.