Fé e emoção marcam a 1ª Grande Cavalgada da Diocese Salgueiro

Centenas de pessoas, em pouco mais de 300 cavalos, estão participando na manhã desta quinta-feira (12) da 1ª Grande Cavalgada da Diocese Salgueiro em homenagem à Padroeira Nossa Senhora Aparecida. Vaqueiros, empresários, políticos e religiosos se concentraram na Rua Antônio Filgueira Soares, no bairro Santa Margarida, de onde saíram por volta das 9h puxados pelos aboios de Cícero Mendes e Chico Justino. O bispo Dom Magnus e padres de toda a diocese acompanham o trajeto.

Católicos de toda a região participam do ato marcado pela fé, emoção e devoção à Padroeira do Brasil. Um dos momentos de maior simbolismo foi quando a Imagem Peregrina saiu de barco pelo Açude Velho e foi entregue a um vaqueiro às margens do manancial. As pessoas esqueceram a poluição no açude e focaram no ato, que emocionou muitos fiéis que assistiram à cena. A Cavalgada seguiu pelas principais ruas e avenidas da cidade até o pátio da futura Catedral.

Padre José Nilton falou sobre a importância da Cavalgada. “Essa é uma expressão de fé, de esperança e de amor do homem sertanejo e do vaqueiro à Nossa Senhora Aparecida, pedindo as graças de Deus para todo o nosso Sertão”, disse. “É uma grande mobilização das pessoas em torno da fé. A fé é o centro dessa cavalgada. Também é a sensibilidade do homem nordestino para com a igreja, para com Deus e isso muito nos alegra”, completou.

A 1ª Grande Cavalgada faz parte da programação da Festa da Padroeira, iniciada pela Diocese Salgueiro no dia 3 de outubro. O evento termina hoje, com uma procissão saindo da Capela da Escola Carlos Pena às 18h, seguida por show de Batista Lima, às 18h30, e Santa Missa celebrada pelo bispo Dom Magnus Henrique.  

Da redação do Blog Alvinho Patriota