Emenda da deputada Marília Arraes retira a capitalização da reforma da Previdência

A emenda supressiva n. 184 apresentada pela deputada federal Marília Arraes (PT) à PEC da reforma da previdência, foi acatada integralmente no relatório apresentado pelo deputado Samuel Moreira (PSDB – SP), na comissão especial da Câmara dos Deputados. Isso colocou uma pedra sobre um sonho antigo do Ministro Paulo Guedes, retirando do texto que vai a votação a possibilidade de implantação do regime de Capitalização.

No sistema de capitalização o trabalhador e a trabalhadora é quem ficam obrigados a depositar pelo tempo estabelecido, uma parte de seu salário sem contribuição dos empregadores ou do Estado.

A Deputada lembra que iniciativas como esta já foram implantadas em outros países que hoje vivem uma situação insustentável, com aposentadorias inferiores ao salário mínimo. A experiência chilena é um exemplo claro: Mais de 90% dos aposentados chilenos recebem pelo regime de capitalização. Seus proventos equivalem a pouco menos de 60% do salário mínimo chileno. As dificuldades econômicas causadas pela queda de renda tem provocado inúmeros casos de depressão e suicídio na população idosa daquele país.