Plantão Covif-19: Lista dos serviços essenciais conforme Decreto Presidencial

Dr. Luiz Henrique diz que população de Salgueiro não deve entrar em pânico por conta do coronavírus

“Atualmente é mais provável você morrer em um acidente de carro do que de coronavírus”. Essa afirmação partiu do médico Dr. Luiz Henrique em entrevista ao comunicador Armando Sobreira na tarde dessa segunda-feira, 16, na rádio Salgueiro FM. O profissional tranquilizou a população de Salgueiro em relação à doença, que tem assustado o mundo inteiro.

“O que a gente tem que fazer sobre o coronavírus? Tem que entrar em pânico? Não, de forma nenhuma. Eu estou aqui no hospital trabalhando, cheio de gente doente aqui, como sempre tem e não estou em pânico. A gente só deve tomar as medidas de prevenção: lavar as mãos, usar álcool em gel, usar uma máscara e evitar aglomerações”, orientou.

Dr. Luiz Henrique é um experiente profissional que atende no Pronto Socorro São Francisco e no Hospital Regional de Salgueiro. Durante a entrevista, ele fez questão de salientar que nenhum paciente está internado com coronavírus nas unidades de saúde do município. Existem apenas casos suspeitos sob investigação.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

9 comentários sobre “Dr. Luiz Henrique diz que população de Salgueiro não deve entrar em pânico por conta do coronavírus

  1. Samurai

    Precaução é fundamental nesse momento! Devemos nos antecipar e fazer o que a Itália está fazendo agora, para justamente evitar que chegue na situação que está lá! Já vi entrevistas com médicos conceituados e eles dizem que a situação é seria e que agora devemos nos prevenir, e esses médicos daqui, não estão dando a devida importância a essa situação.

  2. Aline

    Quero frisar que a população se salgueiro tem que ficar em casa e entender que é uma pandemia.profissionais da saúde está sujeito eles que tem mais contato com as pessoas doentes.postos de saúde . laboratório policlínica tenha piedade senhor prefeito.pelo amor de deus .

    1. Francisco

      Concordo com você Aline. Mas aqui em sp a maioria não se importam com isso, as aglomerações de pessoas nos trem tem aumentado mais ainda aqui, no transporte público cheio do Meo jeito, não tem como evitar contato com pessoas e sem sabermos se estão doentes ou não, e estás pessoas não falaram que estão doentes ou não, e acaba passando para outras que não tem nada haver com isso, está semana uma moça estava tossindo muito e espirrando, eu tinha a máscara na bolsa, tirei e dei para ela, apesar de trabalhar em um laboratório de análises clínica me previno tanto dentro do laboratório quanto fora dele.

    2. Fernando

      O Dr Luiz está corretíssimo não precisa pânico e sim precaução, sou de SP também,trabalho em dois hospitais, e uma coisa é séria está se contaminando que não está seguindo o que tá sendo informado todo os dia. Sigam a orientação que ficará tudo bem.

  3. Solitário do asfalto ☠

    Dr.o senhor tem condições de exercer sua funções, se formou pra isso e tem que está preparado mesmo pra conscientizar a população…Mais enquanto às medidas a ser tomada como precauções fica difícil pois o pobre não tem nem o que comer imagine comprar esses materiais insumos ( máscara, soapex, e álcool em gel e lenços descartáveis !! Ao contrário da situação dessa pandemia muitos donos de farmácia inclusive parentes seu está vendendo produtos acima do preço de tabelas ( pois o senhor aconselhe êle pra que tenha compaixão com o próximo nessa luta que estamos travando)

  4. NISSOCA

    OUTRO QUE NÃO DA BOLA PARA A GRAVIDADE DA SITUAÇÃO.EU ACHO QUE MÉDICO TEM QUE DA BOLA PARA O CORONAVÍRUS,MAS,INFELIZMENTE NO PAÍS CHAMADO BRASIL NEM O PRESIDENTE DA BOLA.

    1. Marcia

      Exato; ele foi infeliz na fala dele.Pq temos q tratar isso com muita preocupação sim e é caso de Pânico sim! se as pessoas acharem q isso não mata mais que acidente de carro, as pessoas nao levaram a sério e nao terão a precaução necessária para evitar essa pandemia aq em Salgueiro.