Plantão Covif-19: Lista dos serviços essenciais conforme Decreto Presidencial

Dilma comemora indicação de documentário: “A verdade não está enterrada”

A ex-presidente Dilma Rousseff comemorou a indicação de “Democracia em Vertigem”, ao Oscar 2020 de melhor documentário, feita pela Academia na manhã de ontem.

No comunicado, publicado em seu site oficial, Dilma diz que o “filme é corajoso, por mostrar o jogo sujo que resultou no meu afastamento do poder e como a mídia venal, a elite política e econômica brasileira atentaram contra a democracia no país, resultando na ascensão de um candidato da extrema-direita em 2018.”.

Ela encerra a nota afirmando que “a verdade não está enterrada” e que “a história segue implacável” contra aquilo que define como “golpistas”.

“Democracia em Vertigem”, dirigido por Petra Costa e distribuído pela Netflix, concorre com Indústria Americana (produzido pelo casal Barack e Michelle Obama), The Cave, For Sama e Honeyland.

Em “Democracia em Vertigem”, Costa faz um retrato pessoal do processo que tirou Dilma da presidência do Brasil, em 2016, a partir de um ponto de vista pessoal, misturando sua história familiar com a trajetória política do país. A história começa a ser contada a partir do primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2003, e segue analisando a posterior crise política no Brasil.

Fonte: UOL