Vida FM Salgueiro FM

Conselheira tutelar que não conseguiu renovar mandato diz que houve fraude na eleição do Conselho Tutelar de Salgueiro

A conselheira tutelar Niedja Bandeira Marins, que tentou, mas não conseguiu renovar mandato na eleição do último domingo, 6, fez uma publicação no Facebook apontando desrespeito com o eleitor, desorganização e fraude no pleito do Conselho Tutelar de Salgueiro.

“Uma vergonha, falta de respeito com o eleitor, desorganização, falta de competência e muita fraude, é o sentimento dessa desastrosa eleição do Conselho Tutelar”, externou, demonstrando indignação.

Na postagem feita no final da noite dessa segunda-feira, 7, Niedja ainda destaca que muitos eleitores não tiveram seus votos computados na apuração. “Pois 4 das 19 urnas tiveram que ser anuladas, deixando mais de mil votos sem serem apurados”, reclama.

As urnas foram desconsideradas por falha dos mesários, que numeraram os votos, tirando a condição de sufrágio secreto. Acabaram anuladas uma urna da Escola Maria Bernadete, uma da EREM Aura Sampaio, uma da Escola Dr. Severino e a do distrito de Pau Ferro.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

6 comentários sobre “Conselheira tutelar que não conseguiu renovar mandato diz que houve fraude na eleição do Conselho Tutelar de Salgueiro

  1. Maria Veridiana Ferreira de Lima

    Essa Eleição do Conselho está toda errada, começou errada na seleção dos candidatos, permaneceu errada depois da derrubada na justiça onde aumentou de 16 para 39 candidatos e continuou errada quando houve campanha até nos microfones da Câmara de Vereadores onde um filho de um vereador saiu como candidato e tendo recebido apoio de muitos vereadores que usaram a tribuna da Câmara para fazer eleição aberta para o candidato e só isso já é o suficiente para CANCELAR ESSA ELEIÇÃO, se isso não acontecer SALGUEIRO vai ficar na História como mais uma ELEIÇÃO sobre grande DÚVIDA.

  2. Luiz bandeira

    Falta de respeito com a população que passou horas e horas nas filas pra votar e tiveram seus votos anulados por interferência dos mesários e da comissão eleitoral e ainda cancelar votos por causa que algumas pessoas marcaram os quadradinhos completo ao invés do x. Só que não tinha nenhuma instrução de como votar!
    Palhaçada

  3. Alexandra

    Eleição fraudulenta e desrespeitosa precisa ser investigada, com uma equipe desqualificada para o pleito.

  4. Arnaldo Luciano de Alencar

    Essa eleição tem que ser anulada, como é que a pessoa anda vários km para votar tem seus votos anulados por erros dos mesários? isso é problema que deveria ter sido resolvido com a organização da eleição e não tirar voto de quem foi usar de um direito democrático na com a temperatura lá nas alturas, existe mais de mil votos que não foram apurados e isso leva a uma nova ELEIÇÃO pois o direito de povo tem que ser RESPEITADO.