Fala Cidadão

Serra-talhadense morre após receber injeção no IMIP de Salgueiro e família registra B.O por negligência

Imagem ilustrativa

Uma família serra-talhadense está revoltada com um fato lamentável envolvendo o IMIP de Salgueiro. Segundo o site Farol de Notícias, familiares de Jaldineia Fernando da Silva afirmam que ela morreu após reclamar de dor de cabeça e receber uma injeção na unidade. O médico teria dito que o medicamento seria para a paciente ficar mais calma e dormir, porém, Jaldineia voltou para Serra Talhada inconsciente e acabou falecendo por insuficiência respiratória. Os familiares também se revoltaram pelo fato de a morte ter sido registrada como Covid-19. Prima da paciente, Isabela Dias divulgou uma nota relatando o caso.

Nota de esclarimento

No dia 29 de agosto de 2020, Jaldineia Fernando da Silva foi para Salgueiro fazer hemodiálise, no Centro de Hemodiálise (IMIP), onde a mesma, após ter feito o procedimento da hemodiálise, sentiu uma dor de cabeça, ao se reclamar, os médicos que estavam lá, aplicaram um injeção na mesma, dizendo que era pra ajudar ela a dormir, que ela iria ficar mais calma.

Quando deu a hora de voltar para casa, em Serra Talhada, Jaldineia estava inconsciente, no qual teve que ser colocada no ônibus nos braços, onde duas amigas vieram segurando ela para não cair, onde ela já estava ficando com os dedos da mãos e pés roxos, como também estava colocando um liquido pela boca. O motorista veio em alta velocidade, onde deixou ela na casa da irmã, onde a mesma continuava inconsciente, que foi levada para dentro de casa nos braços, pois ela não tinha nenhum tipo de reação, as pessoas que estavam com ela falaram que o médico disse para ela dormir, pois tinha dado injeção para ela se acalmar.

A irmã que não sabia o que estava acontecendo, mandou colocarem ela deitada na cama, minutos depois a sobrinha dela chegou e percebeu que ela estava muito roxa e vomitando sangue, porém totalmente inconsciente, no qual levou ela imediatamente para o hospital. Chegando lá, tivemos toda assistência dos médicos e equipe que estão de parabéns.

Jaldineia teve 4 (quatro) paradas cárdicas, porém, quando teve a primeira parada o médico relatou que a mesma não estava tendo reação cerebral, sendo assim entubaram ela sem necessitar de anestesia, pois o cérebro não reagia, no qual, ninguém entendia o que tinha levado isso a acontecer.

Então na quarta parada ela veio a falecer, porém toda família sem entender, quando começamos a conversar com as amigas dela da hemodiálise, soubemos que a mesma já saiu inconsciente do hospital de Salgueiro (IMIP).

Foi de uma falta de responsabilidade imensa dos médicos e sua equipe, uma falta de humanidade pelo próximo ao mandar alguém inconsciente no estado que estava, imprudência total, uma falta de respeito e dignidade humana, no qual no ônibus não tinha nenhuma técnica de enfermagem, nossa família está indignada no qual prestaremos um B.O (Boletim de Ocorrência ), na Delegacia de Serra Talhada, para que isso jamais se repita com outras famílias.

Portanto, Jaldineia não morreu de covid-19, mas insuficiência respiratória devido doença renal/crônica.

Cidadão afirma que Secretaria de Saúde de Salgueiro não faz acompanhamento correto de pessoas infectadas pelo coronavírus

Uma informação divulgada todos os dias nos boletins da Prefeitura de Salgueiro sobre a situação da Covid-19 no município, é que pacientes em isolamento domiciliar são acompanhados pela Secretaria Municipal de Saúde, porém, um cidadão entrou em contato com nossa redação hoje, denunciando que esse acompanhamento não é feito corretamente.

“Testei positivo para o Covid-19 no dia 22 de julho, hoje tem 14 dias… Deixei todos os meus dados, inclusive o meu telefone, e não recebi contato algum da Secretaria Municipal de Saúde”, relata o internauta, que pediu para não ser identificado por medo de ser prejudicado na empresa onde trabalha.

“Fiz no particular e o particular notificou [a secretaria]. Eles foram na casa da minha irmã, mas a rua estava em outro endereço de isolamento, daí, eles nem entraram em contato comigo para saber se eu estava cumprindo ou não [o isolamento]”, acrescenta.

Ainda de acordo com o cidadão, somente hoje, depois de duas semanas de positivado e por conta de um comentário que fez na página da prefeitura no Facebook, é que o Agente Comunitário de Saúde entrou em contato com ele para saber como estava.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Cidadã reclama da Zona Azul em Salgueiro: “Não vai sobrar nenhuma rua para as pessoas estacionarem o carro/moto que não seja pagando?”

Implantar estacionamentos rotativos pagos é uma medida prevista no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que pode ser implementada por prefeituras. Contudo, é preciso muito planejamento para não complicar ainda mais a situação financeira dos cidadãos. Em Salgueiro a Zona Azul começou a funcionar recentemente e tem gerado reclamações pela escassez de vagas gratuitas para carros e motos. No texto a seguir, a empresária/cidadã Manuela Lima pede que a prefeitura reavalie a Zona Azul, considerando a condição monetária da população local.

Confira:

“Estou impressionada com as ruas da Zona Azul de Salgueiro!

Quer dizer que não vai sobrar nenhuma rua para as pessoas estacionarem o carro/moto que não seja pagando?

Acho que está passando do limite, poderiam até colocar a Zona Azul “no centro”, mas, estão achando muito pouco e querem mais! Então a cada dia o azul toma conta da cidade.

Infelizmente, estão fechando o cerco, para não termos a opção de onde colocarmos o transporte… até em ruas residenciais estão usando como Zona Azul.

Lembrem-se que Salgueiro é uma cidade de pessoas trabalhadoras, não é uma cidade turística, que você está de passagem…. aqui precisa estacionar para trabalhar

Geralmente são 8 horas de trabalho, então como seria? Pagar 8 horas de estacionamento? É isso? Aí já é um absurdo…

Deveriam ter avaliado melhor e não pensar só na parte financeira, até porque a população tem os seus direitos!

Deveriam ter deixado umas ruas livres, para as pessoas optarem se querem estacionar na Zona Azul ou se preferem estacionar em outro local. Mas, infelizmente, não estamos tendo essa opção, estamos de mãos atadas, só vendo a movimentação e as ameaças de multas.

Onde colocar a moto/carro? Só se for em nossa cabeça ou deixar em casa e vim caminhando ou de bicicleta. Mas, vamos descobrindo nos próximos dias, porque a cada dia mais ruas são pintadas de azul.

A cidade de Salgueiro precisa de recursos, de melhorias, de ajuda e de incentivo e não que prejudiquem mais a população e o comércio em geral.

Deixando bem claro que não é nada politicamente, “nem de política eu gosto”!

É minha opinião como moradora de Salgueiro, vejo que isso prejudica a população em geral, todos os comerciantes, clínicas e até as pessoas de outras cidades, que ficam perdidos por não saberem como agir ao chegarem na cidade.”

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Morador de Mirandiba reclama de situação precária no Centro da cidade

Recebemos nesta quinta-feira, 9, por meio do WhatsApp, denúncia de um morador de Mirandiba sobre a situação precária da Rua Cornélio Soares, no Centro da cidade.

O cidadão reclama de esgoto a céu aberto, lixo, muriçocas e muita fedentina. “Já tem uns três meses isso e as autoridades não fazem nada”, afirma.

Deixamos o espaço aberto para a Prefeitura de Mirandiba se pronunciar sobre o problema, dando uma satisfação aos moradores locais.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Cidadão denuncia riscos de pequenos acidentes em barracas na feira livre de Salgueiro

Pedestres que circulam pela feira livre de Salgueiro aos sábados, precisam redobrar a atenção para não se ferir. Segundo denúncia nos enviada pelo internauta Ivan, nesse fim de semana uma senhora se feriu em uma barraca e chegou a sangrar.

“Venho expressar com indignação, porque tenho minha mãe que todos os sábados vai à feira. Já aconteceu de um carroceiro bater no tornozelo dela”, complementou o cidadão, pedindo providências das autoridades do município.

Ele solicita que a secretaria responsável pela ordenação da feira providencie o aumento do espaço para a passagem das pessoas.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Morador do Residencial Santo Antônio denuncia esgoto estourado e reclama do valor de taxa

Os moradores do Residencial Santo Antônio, em Salgueiro, estão pagando uma alta taxa de esgoto em troca de um serviço insatisfatório. Nessa quinta-feira, 6, o cidadão Marcos Cruz publicou um vídeo no Facebook, mostrando vazamento em uma caixa de esgoto, nas proximidades do recém-inaugurado posto de saúde do bairro.

“Esgoto estourado no bairro Santo Antônio (Barriguda) há mais de semana. Quero aqui pedir e enfatizar aos competentes responsáveis, e também aos políticos que esse ano será um ano de eleição”, escreveu no post, demonstrando revolta.

Na sequência, reclama do valor da taxa de esgoto que as famílias da comunidade precisam pagar. “Observem a taxa que cobram de esgoto aqui no bairro Santo Antônio, de pessoas carentes. Você consome R$ 40 de água e paga R$ 80, sendo R$ 40 do consumo e mais R$ 40 de taxa de esgoto”, protesta, pedindo providências também em relação a isso.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Estudante da Fachusc cobra pagamento de estágio prestado à Prefeitura de Salgueiro referente a dezembro de 2019

Uma estudante do 5ᵒ período do curso de Matemática da Faculdade de Ciências Humanas do Sertão Central (Fachusc) entrou em contato com a redação do Blog Alvinho Patriota nessa sexta-feira, 31, denunciando atraso de uma bolsa de estágio prestado à Secretaria de Educação de Salgueiro, referente ao mês de dezembro de 2019.

“Já procurei a prefeitura, mas nada foi resolvido, e dependo desse pagamento pra efetuar a matrícula da Fachusc”, lamenta a jovem de 29 anos, moradora do distrito de Conceição das Crioulas, que pediu para não ser identificada com medo de represálias.

A estudante concluiu um estágio de seis meses em dezembro e não recebeu pagamento por 20 dias de atividades no último mês de 2019. Ela acredita que tem direito a receber cerca de R$ 500, já que a prefeitura pagava R$ 630 por cada mês completo de estágio.

Deixamos o espaço do blog aberto para a prefeitura ou a Secretaria de Educação se manifestarem sobre a denúncia.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Estagiário da Secretaria de Educação de Salgueiro reclama de atraso do pagamento de bolsa

Um aluno da Fachusc, que faz estágio na Secretaria de Educação de Salgueiro, pediu ajuda ao Blog Alvinho Patriota nesta segunda-feira, 2, para tornar público o atraso do pagamento da bolsa referente ao mês de outubro. Os estagiários realizam atividades nas escolas e creches por uma remuneração mensal.

“Nós ainda não recebemos nem o pagamento do mês de outubro. Já trabalhamos o mês de novembro todo e nada do dinheiro de outubro”, reclama o estagiário, que pediu anonimato por medo de represálias.

Ainda segundo o denunciante, não há previsão para o repasse da bolsa aos estagiários e existe possibilidade de o mês de novembro também atrasar.  

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Moradores do sítio Várzea dos Ramos denunciam 15 dias de falta d´água

Apesar de estar localizado há poucos metros do canal do Eixo Norte da Transposição do Rio São Francisco, o sítio Várzea dos Ramos, na zona rural de Salgueiro, é atingido frequentemente por falta d´água. Segundo denúncias, a comunidade está há 15 dias sem receber qualquer tipo de abastecimento.

Preocupada com a situação da mãe idosa, que mora na localidade, a cidadã Francisca Vilma Vasconcelos entrou em contato conosco e pediu que as autoridades tomem alguma atitude. “Faço um apelo para que liberam água para o sítio Várzea dos Ramos, que não chega água lá e minha mãe é bem idosa e precisa de água para as suas necessidades”, clama.

Deixamos o espaço aberto para a Compesa e demais autoridades se pronunciarem a respeito do problema. 

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Concursado da Prefeitura de Mirandiba reclama de perseguição política após ter vencimentos zerados

Francisco Falcão, servidor concursado da Prefeitura de Mirandiba na função de digitador, procurou o Blog Alvinho Patriota nesta sexta-feira, 1, para denunciar perseguição política por parte da prefeita Rose Cléa Máximo. Isso porque seus vencimentos foram zerados em setembro sem qualquer motivo aparente. A remuneração de outubro ainda não foi paga. 

O Recibo de Pagamento de Salário apresentado por Francisco à nossa redação consta com o valor líquido sem qualquer quantia. Ele afirma que ficou evidente a perseguição política, não apenas por fazer parte do grupo adversário à prefeita, mas também porque o pagamento foi zerado de forma manual, ou seja, de maneira seletiva.

O profissional lotado na Secretaria de Transportes ainda destaca que a verba para o pagamento do seu salário é proveniente do Fundeb, o que indica que o recurso repassado pelo Governo Federal não estaria sendo usado corretamente. Ele afirma que tomará todas as medidas cabíveis em relação ao caso.

Entramos em contato com a prefeita de Mirandiba para um posicionamento sobre a denúncia e aguardamos resposta.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Morador do sítio Campinhos reclama mais uma vez de situação das estradas da localidade

No dia 4 de julho de 2019, publicamos reclamação de um morador do sítio Campinhos, reivindicando melhorias das estradas da comunidade, que fica na zona rural de Salgueiro. Decorridos pouco mais de três meses, o cidadão Anderson Souza entrou em contato novamente com nossa equipe, nessa quarta-feira, 23, dizendo que as estradas do sítio continuam em péssimas condições.

“Eu queria relatar que nossas estradas estão uma vergonha, cheias de buracos, quase que intransitáveis e eu sei que é um problema muito simples de resolver, mas nós aqui somos totalmente abandonados por Salgueiro. Só aparece políticos aqui na época de eleição”, protesta o internauta.

Segundo Anderson, a prefeitura mandou uma ‘máquina velha’ para a comunidade, que ficou quebrada mais de um mês, até recolherem.  “Peço ajuda de vocês pra ver se essas palavras chegam até o poder público, para ver se solucionam esse pequeno problema”, finaliza o cidadão.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Moradora do sítio Montevidéu reclama da falta de água: “A população está sofrendo muito”

Com as contas da concessionária pagas, dona Guilhermina espera receber água pelo menos uma vez por semana, mas fica frustrada toda vez que abre a torneira e não recebe abastecimento. Moradora do sítio Montevidéu, na zona rural de Salgueiro, a cidadã entrou em contato com a redação do Blog Alvinho Patriota nesse fim de semana para relatar o problema.

“Há mais de 15 dias chegou água a população está sofrendo muito, principalmente quem tem criança pequena como eu. A conta chega no dia certo sem falta, inclusive ontem [sábado] chegou e a gente é obrigado a pagar uma taxa mínima de 44 reais sem ter o direito à água”, lamenta.

Segundo Guilhermina, a água era distribuída pela Cagece (Companhia de Água e Esgoto do Ceará), que tinha convênio com a Compesa (Companhia Pernambucana de Saneamento), e isso tem causado transtornos. “Todo mundo indignado com o descaso, pois a gente vai reclamar e ficam botando a gente pra lá e pra cá como se a gente fosse uma ‘coisa’”, lamuria.

Fica o desabafo para que as autoridades responsáveis pelo problema tomem atitude e tirem essas pessoas do sofrimento. 

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Salgueirense que foi embora para São Paulo desabafa: “Salgueiro precisa de muitas coisas e uma delas se chama emprego”

Recebemos na tarde desta quarta-feira, 4, um e-mail em forma de desabafo de um internauta identificado como Francisco Aparecido. No texto, ele afirma que é salgueirense, mas saiu da cidade em 2014 por falta de oportunidades e deficiências nos serviços públicos.

“Faltam medicamentos nos postos. Muitos postos de saúde precisam de melhorias, equipamentos modernos e mais médicos. O Hospital Regional de Salgueiro não atende as demandas por falta de muitas coisas, por falta de médicos, enfermeiros mais preparados”, reclama.

Ele pede que as autoridades públicas do município priorizem os investimentos na saúde e cursos profissionalizantes para os jovens e adultos. “Invistam em escolas paras as crianças, em cursos profissionalizantes, em uma fonte de emprego para as pessoas, que é isso que elas precisam”, sugere.

O Blog Alvinho Patriota está sempre aberto a receber textos dos nossos leitores sobre os mais variados temas.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Internauta cobra pavimentação da Travessa 21 do bairro Cohab, em Salgueiro

O internauta José Ivanildo encaminhou e-mail à redação do Blog Alvinho Patriota neste sábado, 13, reclamando da falta de calçamento na Travessa 21 do bairro Cohab, em Salgueiro. Ele afirma que há vários anos os moradores da localidade reivindicam essa obra, pedindo intercessão dos vereadores na gestão passada e na atual, mas nada foi feito.

De acordo com Ivanildo, na atual legislatura a vereadora Paizinha Patriota solicitou duas vezes o calçamento e, mais recentemente, George Arraes Sampaio, presidente da Casa Epitácio Alencar, também cobrou. A Travessa 21 é uma das poucas vias da Cohab que ainda não possui calçamento.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Morador da zona rural de Salgueiro reclama da situação de estradas

Estradas que dão acesso ao sítio Campinhos, localizado no distrito de Vasques, na zona rural de Salgueiro, estão em precárias condições. Isso é o que afirma o cidadão Anderson Souza, em contato com a redação do Blog Alvinho Patriota nessa quarta-feira, 2. Segundo ele, buracos tomam conta das vias que ligam a comunidade às cidades de Penaforte-CE e Cedro-PE.

“Venho por meio dessa mensagem tentar um apoio para chegue às autoridades competentes para resolver esse pequeno problema, já que nós temos o dever de votar também temos o direito de cobrança. Com certeza esse probleminha é fácil de resolver, já que a prefeitura tem todo implemento próprio para isso”, salienta Anderson.

Deixamos o espaço aberto para a prefeitura, através das secretarias de Desenvolvimento Rural e Serviços Públicos, se pronunciar sobre a demanda. 

Da redação do Blog Alvinho Patriota