Câmara de Vereadores de Salgueiro vai formar comissão para fiscalizar Secretaria Municipal de Educação

O presidente da Câmara de Vereadores de Salgueiro, professor Agaeudes, disse na sessão ordinária desta quarta-feira, 7, que a casa vai formar uma comissão para fazer uma minuciosa fiscalização na Secretaria Municipal de Educação. Aprovados no cadastro reserva do concurso feito pela prefeitura em 2020 para o cargo de professor divulgaram uma carta aberta com denúncias contra a pasta.

“Em 2 março pedimos esclarecimentos de alguns pontos. [O ofício foi] recebido pelo próprio secretário. De imediato, o que nos causa estranheza, se não tivesse nada de irregular, ele tinha mandado para a gente toda a documentação solicitada. Ele disse que com oito dias responderia. Hoje é dia 7 de abril, mais de 30 dias e nós não recebemos sequer um ofício”, expôs Agaeudes.

“A falta de transparência na Secretaria de Educação está incrível, porque nós, que somos vereadores, somos fiscalizadores, mandamos para lá um ofício solicitando apenas alguns pontos de esclarecimento, não obtivemos informações. Então é de causar estranheza”, complementou, informando que vai entrar com um pedido para a criação de uma comissão especial que fiscalizará a secretaria.

“Como determina o Regimento Interno, quem faz o requerimento tem que participar da comissão e eu estarei dentro da comissão para fiscalizar e observar todos esses pontos, inclusive a distribuição de carga horária. Eu presenciei uma professora, que por sinal também é coordenadora, que estava no WhatsApp com 113 alunos”, denunciou.

Durante a sessão de hoje, 7, a professora Aline Ferreira, moradora de Juazeiro do Norte-CE, usou a Tribuna Livre da Câmara de Vereadores para cobrar mais uma vez que o prefeito chame os educadores da reserva. Aprovada no CR do concurso realizado pelo município no ano passado, ela disse que alguns professores estão acumulando até três turmas, com sobrecarga de trabalho.

Mesmo com a carência de cerca de 150 professores, o gestor municipal alega que não pode chamar os aprovados no cadastro reserva por conta da Lei Complementar nᵒ 173/2020, que proíbe a criação de cargos até 31 de dezembro de 2021. Entretanto, a Justiça já definiu que o prefeito pode contratar os professores aprovados no concurso e efetivá-los posteriormente, mas ele não executou essa medida.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

2 comentários sobre “Câmara de Vereadores de Salgueiro vai formar comissão para fiscalizar Secretaria Municipal de Educação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *