Brasil tem recorde de 67.860 novos casos de covid-19 em 24 horas

O Brasil registrou nesta quarta-feira (22/7) o maior número de casos do novo coronavírus desde o início da pandemia de covid-19. Nas últimas 24 horas, mais 67.860 infecções foram confirmadas pelo Ministério da Saúde. Com isso, o país já soma 2.227.514 infectados. A atualização também confirmou pelo segundo dia consecutivo mais de mil mortes pela doença. Com mais  1.284 óbitos, o país totaliza 82.771 vítimas.

Nem mesmo no dia em que o país sofreu com problemas de instabilidades no sistema de atualização e precisou inserir em um mesmo dia os casos atrasados houve um registro diário tão expressivo quanto o desta quarta. Na ocasião, em 19 de junho, foram acrescentados 54.771 novas infecções.

Dentro do Brasil, a maioria dos estados já acumula mais de mil óbitos pela covid-19. Das 27 unidades federativas, 20 integram essa lista. Quem lidera o ranking brasileiro é São Paulo, com 20.532 óbitos pelo novo coronavírus. O Rio de Janeiro é o segundo com mais fatalidades, com 12.443 vítimas da doença. Os dois são os únicos estados que têm mais de 10 mil mortes.

Em seguida estão: Ceará (7.317), Pernambuco (6.152), Pará (5.581), Amazonas (3.183), Bahia (2.988), Maranhão (2.810), Espírito Santo (2.305), Minas Gerais (2.166), Rio Grande do Norte (1.636), Paraíba (1.581), Paraná (1.486), Alagoas (1.443), Mato Grosso (1.453), Rio Grande do Sul (1.397) e Sergipe (1.211), Piauí (1.158), Goiás (1.193), e Distrito Federal (1.176).

No pé da tabela, somente quatro estados se mantém abaixo da marca de 500 óbitos pela covid-19. São eles: Acre (470), Roraima (451), Tocantins (315) e Mato Grosso do Sul (257).

Fonte: Correio Braziliense