Alunos do curso de Direito da Fachusc reclamam de aumento de 25% no valor da matrícula e da retirada de desconto na mensalidade

Estudantes do curso de Direito da Faculdade de Ciências Humanas do Sertão Central (Fachusc), localizada em Salgueiro, estão revoltados com um aumento de 25% no valor da matrícula e rematrícula da graduação. A taxa que era de R$ 691,22 antes da pandemia, baixou para R$ 612 durante a pandemia, mas agora foi elevada para R$ 874.

Os universitários consideram o aumento abusivo porque, além de retirar o desconto da pandemia, ainda deixa a taxa superior ao valor da mensalidade (R$ 691,22). Eles também protestam contra a retirada do abatimento da mensalidade, que foi reduzida para R$ 612 por conta de emergência de saúde pública, porém, voltou a custar R$ 691,22.

“É dessa forma carinhosa que a faculdade recepciona os novos alunos e trata os alunos veteranos, com um aumento de 25% em cima do valor pago durante a pandemia, que ao que parece, a Fachusc esqueceu que continuamos em quarentena”, protestam os estudantes.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

3 comentários sobre “Alunos do curso de Direito da Fachusc reclamam de aumento de 25% no valor da matrícula e da retirada de desconto na mensalidade

  1. Áurea Pereira de Siqueira

    Isso é só o começo do Amor que o Governo Marcones/Edilton tem para o povo, esse aumento foi para a Educação, agora lapada Grande vai ser é o aumento que eles vão dar é no IPTU, os Dotores estão só no começo, ainda vem mais amor pela frente.

  2. Karem

    Infelizmente é a nossa realidade no momento, nós, estudantes, lamentamos profundamente que em plena pandemia este valor seja posto de forma tão abusiva e descabida.

  3. Edilma

    Quando todos os alunos trancarem o curso, vão entender que o momento é de ajudar uns aos outros e não tirar proveito, nessa pandemia, sem trabalho sem dinheiro, não tem como, vamos nos unir e trancar os cursos, simples assim…