Plantão Covif-19: Lista dos serviços essenciais conforme Decreto Presidencial

Top 10: Notícias mais acessadas de 17/02/2020 a 21/02/2020

1 – Prefeitura de Salgueiro substitui atração do último dia do Carnaval

2 – Estelionatários ludibriam idosos na zona rural de Salgueiro e se apropriam de cartões de aposentadoria

3 – Agência do Trabalho de Salgueiro informa vagas de emprego abertas no município com salário de até R$ 1.800

4 – Operação da Polícia Federal prende 17 pessoas suspeitas de tráfico de drogas em Salgueiro e outras cidades

5 – Homens são presos após invadirem a Promotoria de Justiça de Parnamirim-PE em busca de processo

6 – Carnaval de Salgueiro 2020: Noite das Virgens terá premiação em dinheiro e troféus para os foliões mais criativos

7 – Jovem é preso após furtar desodorantes em supermercado de Salgueiro

8 – Secretaria de Educação de Salgueiro convoca mais professores aprovados em seleção realizada em 2018

9 – Los Patos começa montagem da estrutura do “Camarote do Pato” para incrementar o Carnaval de Salgueiro

10 – Consulpam prorroga inscrições do concurso público da Câmara de Vereadores de Salgueiro

Homem é vítima de assalto e agressão no desfile do Galo da Madrugada, no Recife

Durante o desfile do Galo da Madrugada, neste sábado (22), no Centro do Recife, o operador de áudio da TV Globo Klauber Costa Estrela foi vítima de um assalto e de agressão. Segundo o irmão dele, Kleber Estrela, que também trabalha na emissora, pelo menos 20 homens participaram da abordagem.

“Ele estava saindo da Rua Imperial e indo para a Praça Sérgio Lorêto, quando foi assaltado. Ele chegou até o local onde estava outra equipe de transmissão todo machucado, com a camisa rasgada e reclamando de dor”, contou Kléber.

Segundo o irmão do operador de áudio, bombeiros ajudaram a fazer o socorro e colocaram a vítima sobre uma maca para levar para a unidade de saúde. “Deitei ele no chão. A dor estabilizou um pouco”, disse.

Kléber disse, ainda, que pediria ajuda para registrar a queixa na delegacia. Por volta das 17h30, Klauber foi levado pelos bombeiros para o hospital.

Mais casos

Ao longo deste sábado, os bombeiros atenderam ocorrências no desfile do Galo. Um homem pulou no Rio Capibaribe e foi resgatado de bote.

A Polícia Militar circulou entre os foliões e também usou botes no Capibaribe. Equipes revistaram jovens e alguns deles foram levados para averiguação.

Fonte: G1

“Todo cearense tem a cabeça grande”, diz Bolsonaro no Guarujá

Ao visitar uma área comercial no Guarujá, no litoral paulista, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fez uma brincadeira com a origem de um apoiador, que o cercava para tirar uma foto.

Vestindo um chapéu de couro, típico do semiárido nordestino, o homem chamou a atenção presidencial. “O gauchão do Ceará aqui”, afirmou, ao pegar o chapéu ele mesmo e vestir. “Por que todo cearense tem a cabeça grande?”, perguntou, enquanto o homem fazia uma selfie com ele.

O homem riu e cochichou uma resposta no ouvido do presidente, que também sorriu e o abraçou. “O que ele falou eu não posso falar para vocês”, encerrou. Bolsonaro deu uma série de declarações na sequência, como a de que pretende “implodir o Inmetro”.

Fonte: Metrópoles

Implodi o Inmetro, mandei todo mundo embora, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro disse na manhã deste sábado (22) que decidiu “implodir” o Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), após órgão determinar em portaria a troca de tacógrafos analógicos pelos digitais, usados para medir velocidade e em taxímetros. Para o presidente, medida iria prejudicar os taxistas.

Bolsonaro deu entrevista durante passeio pelas ruas do Guarujá, onde passa o feriado de Carnaval. “Por exemplo: implodi o Inmetro. Implodi, mandei todo mundo embora. Por quê? Há poucos meses assinaram portaria para trocar tacógrafos. O tacógrafo, em vez de ser o normal, inventaram um digital. Mandei implodir, mandei acabar com isso daí”, disse o presidente.

O Inmetro é a autarquia federal que realiza políticas de metrologia, fiscalização do cumprimento de normas técnicas, métodos e instrumentos de medição e unidades de medida. O presidente considerou que a portaria iria prejudicar taxistas.

“Começou no Rio, não sei se veio para São Paulo, trocar os taxímetros. Mas por quê? Quatrocentos cada um. Os tacógrafos, 1.900. Multiplique por milhões de veículos que mexem com tacógrafos. Táxi só no Rio são 40 mil”, disse.

O presidente criticou portaria que prevê uma nova regra para padronização de sensores de velocidade utilizados em taxímetros. “Não temos que atrapalhar a vida dos outros. É facilitar a vida de quem produz. Os novos taxímetros, faça diferente. Os novos tacógrafos, tudo bem. Agora, tirar do pessoal, trocar, não. Então, o que eu tenho que fazer? Implodir.”

Em nota, o Inmetro esclareceu que “portarias recentes estão em avaliação pela Presidência, assim como a composição da diretoria para a nova gestão”.

Fonte: R7

Exército anuncia reforço de tropas para conter aumento de homicídios no Ceará durante motim de policiais

O comandante da 10ª Região Militar do Ceará, Fernando da Cunha Mattos, afirmou neste sábado (22) que o reforço que o Ceará recebeu das tropas federais foi “inicialmente insuficiente” para a Garantia da Lei e da Ordem durante o motim de policiais militares.

Isso explica, segundo o comandante, o aumento no número de homicídios durante o motim dos policiais. Entre 6h da quarta-feira (19) e a manhã deste sábado, foram 88 homicídios no estado. Até antes do motim, o Ceará tinha uma média de seis assassinatos por dia.

“A tropa está iniciando a sua presença agora, então os efetivos estavam inicialmente muito limitados, por isso o Comando do Nordeste enviou novas tropas, de quatro estados, pra dar um volume de tropa adequado para missão. Os meios inicialmente estavam insuficientes”, afirmou Mattos.

Com a aplicação da Garantia da Lei e da Ordem, o Exército assume o controle da Operação Mandacaru, como foi batizada a ação para garantir a segurança durante o motim de policiais militares. As equipes do Raio, Choque e Cotar – da Polícia Militar do Ceará – passam a responder às ordens do Exército durante a Operação Mandacaru.

Fonte: G1