Vida FM Salgueiro FM

Top 10: Notícias mais acessadas de 29/07/2019 a 02/08/2019

1 – Homem é morto com cinco tiros ao sair para comprar pão no bairro Cohab

2 – Polícia investiga morte suspeita de homem de 28 anos na zona rural de Salgueiro

3 – Agência do Trabalho de Salgueiro tem seis vagas disponíveis

4 – Instituto SAF Social apresenta missão em Salgueiro com ‘Chá da Tarde’

5 – Celular do Prefeito de Salgueiro também foi alvo de ataque hacker nesta quarta-feira

6 – Idoso residente na zona rural de Salgueiro morre atropelado por caminhão na BR-116

7 – Jovem residente na zona rural de Verdejante é preso por furto de moto no município de Serrita

8 – Prefeitura de Salgueiro e de outras cidades não podem pagar professores com recursos do Fundef, determina TCU

9 – Presídio Regional de Salgueiro registra primeiro casamento homoafetivo

10 – Auxiliadora Veras é reconduzida ao cargo de gerente da VII GERES, sediada em Salgueiro

Presidente da OAB relata ameaça e promete ‘ir até o fim’

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) disse lamentar que o presidente Jair Bolsonaro não tenha visto “nada de mais” a respeito das declarações sobre o desaparecimento do pai dele.

Felipe Santa Cruz participou na sexta-feira (2) de um evento do Instituto dos Advogados de São Paulo. Antes de palestrar, o presidente da OAB conversou com jornalistas e disse que o Brasil viu a gravidade das declarações de Bolsonaro.

Durante a manhã, Jair Bolsonaro confirmou que prestará esclarecimentos ao Supremo Tribunal Federal sobre as declarações da morte de Fernando Santa Cruz.

Na quinta-feira (1), o ministro do Supremo Tribunal Federal, Luis Roberto Barroso, deu 15 dias para que o presidente apresente uma explicação.

Apesar de não ser obrigado, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que enviará cópias das declarações.

Fonte: Jovem Pan

TCU manda Receita entregar lista de servidores que acessaram dados de autoridades

O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou àReceita Federal que entregue em 15 dias uma lista de todos os servidores do órgão que acessaram dados fiscais de membros e ex-membros dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário nos últimos cinco anos. A Corte de Contas requereu, também no mesmo prazo, os números de todos os processos abertos contra os integrantes dos três Poderes. A decisão é do ministro Bruno Dantas.

No caso do Executivo, as informações a serem prestadas neste prazo é sobre presidentes, ex-presidentes, ministros e ex-ministros. No caso do Judiciário, de ministros e ex-ministros dos tribunais superiores e de desembargadores e ex-desembargadores dos Tribunais Regionais Federais. No Legislativo, o prazo inicial é para dados relativos a deputados, senadores e ex-parlamentares federais.

Na mesma decisão, proferida nesta sexta-feira, Dantas requer, em 90 dias, as informações sobre o número de processos abertos contra qualquer agente público federal, bem como a lista de servidores que acessaram dados fiscais destes agentes. Os prazos começam a contar a partir da notificação da Receita. O ministro atendeu a um pedido do Ministério Público de Contas.

Em sua conta no Twitter, o secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra, afirmou que já recebeu o pedido do TCU e se disse “surpreso com as suspeitas lançadas contra a Receita.

“Acabo receber pedido de  enorme volume de informações à Receita Federal, agora vindo do TCU. Repito o que disse ainda hoje em relação ao STF: estou surpreso com as suspeitas lançadas contra a RFB, instituição que sempre buscou lisura e impessoalidade em suas ações”, publicou Cintra.

Na quinta-feira, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes suspendeu apurações da Receita contra 133 pessoas, incluindo integrantes da Corte e outras autoridades.

Fonte: O Globo

Cientistas do Brasil e do exterior reagem à demissão de Galvão

A exoneração do diretor do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), Ricardo Galvão, rapidamente motivou críticas de especialistas na área ambiental. Luiz Davidovich, presidente da Academia Brasileira de Ciências, elogiou tecnicamente Galvão e lembrou que é obrigação dos institutos de ciência e tecnologia transmitirem à sociedade a ciência que produzem. “Informar os dados que têm de modo transparente aumenta a confiabilidade”, disse.

Ao Estado, o especialista em sensoriamento remoto Matthew Hansen da Universidade de Maryland (EUA), responsável pelo projeto Global Land Analysis and Discovery, que monitora desmatamento em todo o mundo, atestou que os dados do Inpe são precisos. “Dizer que o mapeamento é algo como opinião chega a ser um insulto a todo o trabalho duro que engenheiros e cientistas do Inpe fazem para fornecer dados precisos. O trabalho do Inpe é feito há décadas e avaliado por inúmeros outros pesquisadores independentes, tendo se provado medida altamente confiável das tendências de perda florestal na Amazônia brasileira, gostem dos resultados ou não.”

Hansen disse ainda que “lançar calúnias, como foi feito pelo presidente do Brasil, enfraquece a missão do Inpe”. Segundo ele, nenhuma outra nação tem o mesmo nível de registro de monitoramento de desmate. “Atacá-lo de modo tão abertamente político e irresponsável é, na melhor das hipóteses, desrespeitoso e na pior, perigoso.”

Para Carlos Rittl, do Observatório do Clima, Galvão “selou seu destino ao não se calar diante das acusações atrozes de Bolsonaro ao Inpe”. “Ao reagir, Galvão também preservou a transparência dos dados de desmatamento, ao chamar a atenção da sociedade e da comunidade internacional para os ataques sórdidos autoritários e mentirosos de Bolsonaro e Ricardo Salles (ministro do Meio Ambiente) à ciência do Inpe”, disse.

Fonte: Agência Estado

Ataque a tiros no Texas deixa ao menos 20 mortos

Um suspeito foi detido neste sábado após um ataque a tiros em um centro comercial da cidade americana de El Paso , no Texas , que matou ao menos 20 pessoas, segundo o governador Greg Abbott. O chefe de polícia, Greg Allen, afirmou que o ataque deixou 26 feridos.

O ataque a tiros começou por volta das 11h, perto do centro Cielo Vista Mall, que concentra vários restaurantes e é muito movimentado nos finais de semana. O suspeito, identificado como Patrick Wood Crusius, morador de Dallas , que completou 21 anos na semana passada, começou a atirar perto de uma loja do Walmart.

Uma mulher, que ia à loja para fazer compras, contou à Fox News que escutou um som “como fogos de artifício” enquanto procurava uma vaga no estacionamento. Dentro da loja, ela assistiu ao ataque.

— Eu me dirigi à saída e vi um homem de camiseta preta e calça camuflada que levava algo que parecia ser um rifle, apontava para as pessoas e disparava contra elas — contou. — Vi três ou quatro pessoas caindo.

O restaurante Landry’s Seafood, House abriu suas portas para dar refúgio a funcionários do Wallmart.

— Você vê nas notícias, mas nunca pensa que vai acontecer, até que acontece — disse à CNN o gerente do restaurante, Oscar Collazo.

O University Medical Center de El Paso recebeu ao menos 13 pacientes, incluindo alguns que morreram depois. Duas das vítimas eram crianças que foram transferidas para o Hospital Infantil de El Paso.

Fonte: O Globo