Vida FM Salgueiro FM

Católicos de Salgueiro celebram o Dia de Corpus Christi com Missa, adoração e procissão

Fiéis católicos de Salgueiro se reúnem no início da noite desta quinta-feira, 20, para participar de mais uma procissão do Dia de Corpus Christi. Desde as 6h, ruas e avenidas da cidade estão sendo ornamentadas com os tapetes para a festa.

A programação do Corpus Christi começou às 8h com Santa Missa na Capela Nossa Senhora das Graças, na Praça da Bomba. Em seguida, ocorre o Dia de Adoração no mesmo local. No início da noite, frequentadores das quatro paróquias de Salgueiro se reúnem para o cortejo, a partir das 18h, também na Capela Nossa Senhora das Graças. A procissão sairá em direção à Matriz de Santo Antônio.  

Em entrevista à Asa Branca FM ontem, 19, padre Rogério Alencar disse que a procissão de Corpus Christi tem objetivo de manifestar fé pública em Jesus Cristo presente. “Nós católicos saímos pelas ruas de nossa cidade, mostrando que nosso Deus está vivo, que nosso Deus está presente em Santíssimo Sacramento”, explicou.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Policiais cumprem mandado de prisão por tráfico de drogas no Centro de Serrita

Operação realizada pela equipe Malhas da Lei nessa quarta-feira, 19, deu cumprimento a um mandado de prisão expedido pela Vara Única da Comarca de Serrita. Policiais militares e civis prenderam José Nilton Galvão, 36 anos, na Rua Maria de Fátima Colares, no Centro da ‘Capital do Vaqueiro’.

De acordo com a polícia, no momento da prisão o procurado tentou fugir, mas foi capturado em frente ao imóvel onde reside. Ele estava portando 27 gramas de maconha e na casa foi encontrada uma sacola contendo 1,065 kg do entorpecente, além de R$ 714 em espécie.

O acusado foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Serrita, autuado por tráfico de drogas e encaminhado ao Presídio Regional de Salgueiro.   

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Medida Cautelar do TCE-PE determina que Prefeitura de Floresta evite gastar com festas juninas

Teresa Duere

Saiu no Diário Oficial do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) nesta quinta-feira, 20, uma Medida Cautelar expedida monocraticamente pela conselheira Teresa Duere, determinando que a Prefeitura de Floresta evite gastar recursos públicos com festas juninas enquanto estiverem em aberto parcelas da folha de pessoal. Apesar da determinação, aconteceu ontem uma festa com Bruno e Marrone em comemoração ao aniversário de 112 anos do município e São João.

O que originou a Cautelar foi uma Representação Interna do Ministério Público de Contas assinada pela Procuradora Geral Germana Laureano. De acordo com a medida, há uma declaração subscrita pelo próprio prefeito Ricardo Ferraz indicando a existência de R$ 364 mil em aberto da folha de pessoal da prefeitura. Desse total, R$ 258 mil são referentes aos servidores contratados e R$ 106 mil aos comissionados.

A conselheira destaca que, mesmo com o valor em aberto, a prefeitura anunciou a sua grade de festividades juninas no dia 12 de junho com shows de 19 a 23 de junho. Considerando a expressividade dos valores investidos na festa, a conselheira entendeu ser necessária a expedição da Medida Cautelar. A prefeitura informou que já encaminhou esclarecimentos ao TCE-PE.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

São João de Arcoverde terá camarote exclusivo com shows paralelos

Uma das novidades nas festividades juninas de Arcoverde este ano é o ‘Camarote São João’, um espaço oficial do evento com diversas vantagens. A área contará com vista privilegiada do palco principal, bares e banheiros exclusivos, piso easy floor, shows paralelos ao do palco, área gourmet e acesso diferenciado.

O São João de Arcoverde ocorre de 21 a 29 de junho em diversos polos. No principal se apresentarão nomes como Elba Ramalho, Anitta, Xand Avião, Cordel do Fogo Encantado, Leonardo, Musa, Alcymar Monteiro, Léo Magalhães, entre outros.

Os ingressos do camarote já estão sendo vendidos em formato casadinha para os nove dias por R$ 300,00. Podem ser adquiridos na Associação Comercial de Arcoverde (ACA).

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Expositores da Arena Gastronômica da 20ª ExpoSerra participam de cursos

Os expositores da Arena Gastronômica da 20 ExpoSerra, que ocorre de 11 a 13 de julho em Serra Talhada, participaram de cursos preparativos realizados pela Unidade do Sebrae no Sertão Central, Moxotó, Pajeú e Itaparica.

Na segunda-feira, 17, foi desenvolvido o ‘Curso de Designer de Pratos’ e nessa quarta-feira, 19, uma oficina de Instagram para a gastronomia. Segundo Ana Paula Silva, analista do Sebrae, todos os anos os participantes são incentivados a criar opções de pratos com ingredientes da região.

Este ano serão oferecidas oficinas na Arena Gastronômica, com foco em bolos, caldos e sopas regionais. “Nós pensamos na Arena, desde seu primeiro ano, não só na estrutura, mas em um espaço que ofereça qualidade no serviço, nos produtos alimentícios, além de um atendimento especial”, explica Ana Paula.

O Sebrae inseriu a Arena Gastronômica na ExpoSerra em 2017. Desde então, um novo conceito de culinária passou a ser implantado na cidade. Atualmente, Serra Talhada conta com um leque de opções de pratos criados na Arena.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Faculdade Senac seleciona coordenador do curso de Gastronomia em Petrolina

Estão abertas até a próxima segunda-feira, 24, as inscrições para um processo seletivo da Faculdade Senac Pernambuco visando contratar um professor para lecionar e coordenador o curso de Gastronomia da instituição em Petrolina. Os interessados devem enviar currículo lattes atualizado para o e-mail seleção.petrolina@faculdadesenacpe.edu.br.

Para participar, os candidatos devem ter título de especialista, mestre ou doutor na área. Também serão considerados fatores de preferência, curso tecnológico no ramo de Gastronomia ou em área correlata e experiência em gestão acadêmica e docência em ensino superior.

Os selecionados na avaliação curricular realizarão uma prova escrita sobre assuntos referentes ao curso e um exame didático-pedagógico, no qual deverão ministrar uma aula expositiva com duração de 20 minutos. O resultado vai ser divulgado no site da Faculdade Senac.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

CDL e parceiros farão puxada de São João pelas ruas de Petrolina

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Petrolina (CDL) e o Sindilojas, em parceria com o Sesc e a loja Coisas do Sertão, farão uma puxada de São João pelas ruas de Petrolina nesse sábado, 22. O “Arraiá da Gente” terá concentração a partir das 9h na Tenda Cultural do Bambuzinho, no Centro.

Objetivo da iniciativa é conectar lojistas e clientes para levar movimentação, entretenimento e aumentar as vendas no comércio nessa data festiva. Clientes e visitantes que estão na cidade serão acolhidos com muita alegria.

A puxada contará com participação da ‘Frevuca’, circulando nas principais ruas da cidade com trio pé de serra, casais de quadrilhas e os colaboradores da CDL e Sindilojas. 

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Univasf e IF Sertão-PE organizam V Workshop de Inovação e Empreendedorismo do Vale do São Francisco

Nos dias 8 e 9 de agosto, a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE) realizam o “V Workshop de Inovação e Empreendedorismo do Vale do São Francisco”. O evento, que busca integrar academia, sociedade, comércio e indústria em um único local, ocorre no Auditório do Senai, em Petrolina.

Interessados em participar podem se inscrever online, preenchendo este formulário, ou presencialmente no dia e local do evento. É cobrada uma taxa no valor de R$ 25,00 para estudantes e R$ 45,00 para profissionais. No momento da inscrição, os participantes devem indicar quais atividades do Workshop desejam integrar.

A iniciativa é dos Núcleos de Inovação Tecnológica (NIT) da Univasf, do IF Sertão-PE e da Incubadora do Semiárido (SIA), com apoio do Sebrae e Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE). Palestras, minicursos e momentos de troca de ideias estão na programação.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Serrano prepara peneira para formar time de futebol feminino

A notoriedade que ganhou a Copa do Mundo de Futebol Feminino, através das transmissões da Globo e Band, despertou nos clubes brasileiros o desejo de formar equipes de mulheres. O Serrano, sediado em Serra Talhada, agendou para o dia 29 de junho uma peneira de futebol feminino para montar um time.

O processo seletivo para descobrir novos talentos será realizado no Centro Esportivo Luiza Kerhle, a partir das 8h. Podem participar garotas a partir de 15 anos, munidas com documento de identificação e equipamentos de uso pessoal (chuteira, meião e caneleira).

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Bolsonaro edita nova MP para manter demarcação de terras indígenas no Ministério da Agricultura

O presidente Jair Bolsonaro editou uma nova medida provisória (MP) para transferir para o Ministério da Agricultura a responsabilidade da demarcação de terras indígenas. O texto foi publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (19), um dia após a publicação da lei que alterou a estrutura administrativa do governo federal.

Em janeiro, uma primeira MP que mudava a estrutura ministerial já transferia para a pasta da Agricultura a responsabilidade da demarcação de terras indígenas. A proposta, no entanto, foi alterada no Congresso, que levou esta função de volta para a Fundação Nacional do Índio (Funai), vinculada ao Ministério da Justiça.

Como se trata de uma medida provisória, a proposta de Bolsonaro tem força de lei e começa a valer imediatamente. No entanto, a matéria precisa ser aprovada em até 120 dias pela Câmara e pelo Senado para não perder a validade. Caso o Congresso não dê o aval, a MP deixa de valer.

Fonte: G1

Cid Gomes defende comissão para investigar invasões e suposto conluio

O senador Cid Gomes (PDT-CE) defendeu nesta quarta-feira, 19, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar e propor medidas de segurança sobre o sigilo das comunicações, e também apurar se houve conluio entre o Poder Judiciário e o Ministério Público no caso de supostas mensagens trocadas entre o agora ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e procuradores da Lava Jato. Segundo o senador, já há um requerimento pronto para isso.

“Uma CPI para investigar e propor medidas para dar mais segurança e garantia ao sigilo das nossas comunicações de um lado, e que procure investigar de forma isenta quem foram os responsáveis por esse caso e outros especificamente e proponha punições, e investigue se houve conluio entre o poder Judiciário, o integrante da magistratura, e o Ministério Público”, sugeriu o senador.

Ao responder Cid Gomes, Moro afirmou que, sobre o conteúdo das supostas mensagens, ele se dispôs a prestar esclarecimentos na CCJ e que, dentro deste contexto, acredita ter demonstrado que não existiu “nenhuma espécie de convergência entre MP e Judiciário em absoluto nesses processos”. “E essas supostas mensagens hackeadas, não demonstraram aquilo que, com sensacionalismo, o referido site pretende afirmar”, respondeu Moro.

Sobre as invasões, o ministro da Justiça destacou que a Polícia Federal já está investigando. “E certamente vai fazer com dedicação e isenção”, respondeu Moro.

Fonte: Estadão

Mais votado da lista tríplice para PGR, Mario Bonsaglia é recebido no Planalto

Um dia depois de sero mais votado na lista tríplice de indicação para o comando da Procuradoria-Geral da República (PGR), o subprocurador Mario Bonsaglia foi ao Palácio do Planalto na noite desta quarta-feira para se reunir com o subchefe de Assuntos Jurídicos (SAJ), Jorge Oliveira.

Auxiliar próximo do presidente Jair Bolsonaro, Oliveira viu o órgão que comanda ser transferido nesta quarta da Casa Civil para a Secretaria-Geral da Presidência. Considerado decisivo no processo de escolha para o Ministério Público Federal (MPF), ele já foi chefe de gabinete do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). E ganhou uma sala no terceiro andar do Planalto, o mesmo em que fica o gabinete presidencial.

A Constituição prevê que a nomeação ao cargo de PGR cabe ao presidente da República e depende de aprovação pelo Senado. Desde 2003, porém, todos os presidentes têm respeitado, na escolha do PGR, a lista tríplice organizada pela ANPR, que expressa os nomes escolhidos pela própria categoria para ocupar o comando máximo da instituição.

Promovida pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) desde 2001, a lista tríplice tem Bonsaglia, que obteve 478 votos, seguido pelos procuradores Luiza Frischeisen, com 423, e Blal Dalloul, com 422. Além dos nomes da lista tríplice, há dois candidatos que correm por fora: Dodge e o subprocurador Augusto Aras.

Fonte: O Globo

Moro nega conluio e diz que deixaria cargo se houvesse incorreção

Durou pouco mais de oito horas a reunião da Comissão de Constituição e Justiça do Senado com a participação do Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, para falar sobre notícias publicadas pelo site The Intercept, que revelaram supostas trocas de mensagens atribuídas a Moro e a membros da força-tarefa da Lava Jato, na época em que o ministro atuava como juiz da operação Lava Jato, em Curitiba.

Em seu pronunciamento inicial, Moro defendeu a Operação Lava Jato, e citou pedidos feitos pelos procuradores e negados por ele para dizer que não há “convergência absoluta” entre o Judiciário e o Ministério Público Federal. Para se defender da acusação de que houve conluio, Moro apresentou dados sobre as ações e sentenças da Lava Jato. Por exemplo, citou que houve 45 sentenças judiciais e que o Ministério Público recorreu de 44, além de que 91 dos 298 pedidos de prisão foram indeferidos. “Se falou muito em conluio. Os dados são um indicativo de que não há convergência absoluta entre ministério Público e juízo ou entre polícia e juízo”.

“Evidentemente pode ter havido alguma troca de mensagens, mas nada que não tenha sido normal se fosse presencial. Não estou dizendo que reconheço autenticidade, não tenho como dizer disso. Do texto, como eu li particularmente e muitas outras pessoas que se pronunciaram sobre o assunto não viram qualquer espécie de infração.” Ele ainda levantou a possibilidade de as mensagens terem sido alteradas antes de serem publicadas. Moro alegou não possuir mais o conteúdo das conversas.

O ex-juiz da Lava Jato registrou que seu celular foi atacado no dia 4 de junho e que informou o ocorrido à Polícia Federal. De acordo com informações citadas por ele, não houve captura do conteúdo do aparelho. Ele reconheceu ter usado o aplicativo Telegram durante um período e parado de usar o mesmo em 2017.

O ministro disse que houve invasão de celulares de autoridades feita por um “grupo criminoso” e não por um “adolescente com espinhas”. Ele classificou o ato como “uma invasão criminosa [feita] por um grupo criminoso organizado que tem por objetivo ou invalidar condenações por lavagem de dinheiro e corrupção, ou obstaculizar investigações que ainda estão em andamento e ainda podem atingir pessoas poderosas, ou possíveis ataques às instituições brasileiras.

Moro ainda afirmou que se enganou quando pensou que, saindo do magistrado, os ataques contra seu trabalho iriam acabar. “Eu sempre agi conforme a lei”, declarou. “Não foi algo fácil, fui sempre constantemente vítima de ataques. Pensei que, saindo da magistratura e vindo a assumir essa posição de ministro, tenha se passado esse revanchismo, esses ataques ao trabalho do juiz enfrentando ali a corrupção com aplicação imparcial da lei, teriam acabado, mas pelo jeito aqui me enganei.”

O ministro classificou o caro como uma invasão feita por um grupo criminoso organizado. Ele levantou três possibilidades como objetivos de uma eventual organização criminosa: invalidar condenação por corrupção e lavagem de dinheiro, obstaculizar investigações em andamento ou “simplesmente” atacar instituições.

Moro afirmou que pode ter enviado uma mensagem manifestando confiança em um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), mas que não vê nenhum problema nisso. “Eu posso ter mandado, qual é o problema de ter mandado uma mensagem assim?”, declarou Moro, pontuando que confiava no Supremo e que houve um “absoluto sensacionalismo” na divulgação da conversa. Ele negou ter atuado por questões ideológicas ou políticas durante a Operação Lava Jato. O fato de ter condenado políticos, afirmou, “trouxe dissabores, peso”.

Fonte: IstoÉ