Vida FM Salgueiro FM

Top 10: Notícias mais acessadas de 01/04/2019 a 05/04/2019

1 – Jovem de 20 anos é detido por ameaçar matar alunos de escola estadual em Salgueiro

2 – Petrolina: Mãe enterra segundo filho encontrado morto em um intervalo de quatro dias

3 – Jovem acusado de ameaçar alunos de escola estadual em Salgueiro se defende: “Não fui eu quem fez isso”

4 – Agência do Trabalho de Salgueiro tem vagas para auxiliar administrativo e motorista de caminhão

5 – Idoso é encontrado morto em açude na zona rural de Salgueiro

6 – Escola Maurina Rodrigues retoma atividades normais com palestra do Nuprev depois de suposta ameaça

7 – Divulgada a programação completa da Festa de São José Operário do Sítio Uri

8 – Restos mortais de Beatriz serão transferidos de Juazeiro-BA para Petrolina-PE

9 – Funkeiro Jerry Smith tenta agredir fã em Petrolina após ser puxado pelo braço

10 – Moradores de Mirandiba reclamam de ruas esburacadas e com esgoto estourado

Vale negocia acordo de até R$ 1 bi com cidades atingidas por rompimento de barragem

O acordo negociado entre a Vale, o governo de Minas Gerais e prefeituras de dez municípios afetados pela tragédia de Brumadinho pode resultar na distribuição, pela empresa, entre 2019 e 2021, de R$ 1 bilhão, segundo estimativa do ItaúBBA. O montante seria pago pela mineradora para amenizar o impacto da suspensão de quase metade das atividades no Estado após a queda da barragem.

Isso equivale a cerca de 30% mais do que as dez cidades (Barão de Cocais, Belo Vale, Congonhas, Itabirito, Mariana, Nova Lima, Ouro Preto, Rio Acima, São Gonçalo do Rio Abaixo e Sarzedo) receberam no ano passado em Contribuição Financeira pela Extração Mineral (Cfem): R$ 774 milhões. De acordo com o governo de Minas, o acordo ainda não está fechado. O Estado recebeu, ao todo, R$ 1,3 bilhão apenas da Cfem.

A arrecadação gerada pela contribuição depende diretamente da produção mineral. Não inclui os impostos estaduais (ICMS e IPI) e os municipais (ISS) decorrentes da atividade minerária. Segundo a Vale, seria firmado um novo regime tributário que poderia resultar em pagamento adicional de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de R$ 550 milhões retroativos e mais R$ 107 milhões em ICMS adicional ao ano, além de R$ 100 milhões anuais para as prefeituras.

Fonte: Estadão Conteúdo

Eduardo Bolsonaro ataca Receita por acesso a dados sigilosos

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do meio do presidente Jair Bolsonaro, criticou na tarde deste sábado, 6, o acesso irregular a dados sigilosos da família por funcionários da Receita Federal.

“E assim vão devassando nossas vidas ilegalmente, vazam propositalmente para a imprensa e aí a narrativa já está pronta. Sabíamos que seria assim, mas é preciso fazer esses maus funcionários sentirem o peso da lei! Ninguém está acima e nem abaixo da lei”, escreveu o deputado em uma postagem.

Na postagem, ele replicou ainda a mensagem que o pai havia escrito no Twitter na noite anterior sobre o caso.

“Desde o início do ano passado 2 funcionários da Receita acessaram ILEGALMENTE informações fiscais de minha pessoa e familiares. Procuravam algo para vazar e me incriminar por ocasião da eleição. Sindicância da Receita concluiu não haver ‘legalidade para acesso’ e notificou a PF”, disse o presidente na sexta-feira.

A tentativa de acesso aos dados dos familiares de Bolsonaro veio à tona na sexta-feira.

A Receita abriu sindicância depois de a corregedoria ter sido informada que dados confidenciais do presidente e de vários CPFs relacionados à família Bolsonaro estavam sendo acessados – os sistemas do órgão são monitorados e cada consulta é registrada.

Em depoimento à Polícia Federal, um dos servidores investigados, Odilon Alves Filho, disse que fez apenas um acesso e consultou apenas dados cadastrais, por curiosidade. Ele é irmão da deputada Norma Ayub (DEM-SP).

Fonte: Estadão Conteúdo

Cinco pessoas estão desaparecidas após queda de parte de ponte no Pará

Em entrevista coletiva à imprensa neste sábado (6), o governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), disse que pelo menos cinco pessoas estão desaparecidas após a queda de parte da ponte da Alça Viária, que fica sobre o rio Moju, no interior do Pará. As vítimas são tripulantes da balsa que atingiu um dos pilares da terceira das quatro pontes do complexo.

As primeiras informações dão conta de que a embarcação, que transportava dendê, teria perdido o controle.

— Houve uma primeira tentativa de frear a balsa, mas não teria sido exitosa. Na segunda, teria paralisado o motor da balsa e a partir daí, ela ficou à deriva e colidiu com a ponte — detalhou o governador, com base no relato de um trabalhador que estava no local.      

Ainda segundo essa mesma testemunha, dois carros de passeio passavam pela parte afetada no momento da queda. No acidente, 200 dos 860 metros da ponte desabaram.

— Estamos com a equipe do Corpo de Bombeiros fazendo as buscas e também solicitamos à Capitania dos Portos, que já está indo (ao local) com uma embarcação (equipada) com radar para colaborar — explicou o governador.

Helder Barbalho disse ainda que a Polícia Civil já está investigando o caso e que proprietária da balsa já teria sido contatada e estaria indo ao local para prestar esclarecimentos. A ponte afetada é a terceira de um conjunto de quatro do complexo da Alça Viária construído sobre o rio Moju. Ela fica na rodovia PA-483 e liga a região metropolitana de Belém com o interior do estado.

Fonte: Agência Brasil

Náutico surpreende, bate o Ceará no Castelão e está na semifinal da Copa do Nordeste

O Náutico está na semifinal da Copa do Nordeste! Contra o Ceará, na Arena Castelão, o time alvirrubro surpreendeu e derrubou o favoritismo do time alvinegro ao vencer o jogo por 2×0. Os gols do jogo foram marcados pelo zagueiro Valdo, contra, e pelo atacante Thiago, ambos no segundo tempo. Com a classificação, o Timbu aumentou a série de invencibilidade para 18 partidas e de quebra leva uma cota de R$ 375 mil.

Com a classificação, o Náutico aguarda o vencedor da partida entre Botafogo-PB e CSA, que acontece neste domingo, às 18h, no estádio Almeidão, na Paraíba, para conhecer o adversário na semifinal. Com o término das quartas de final, a Copa do Nordeste vai dar uma pausa e as semifinais só serão disputadas no próximo mês.

O JOGO

Para o confronto decisivo, o técnico Márcio Goiano mandou a campo o mesmo time que venceu o Afogados, na última quarta-feira (3), pelo Campeonato Pernambucano. Mais um vez o centroavante Wallace Pernambucano, artilheiro do time no ano, ficou no banco de reservas. Já o treinador Lisca, com passagens pelo Náutico, surpreendeu na escalação. O comandante do Ceará mandou a campo praticamente o time considerado reserva.

E nos primeiros minutos de jogo, o Ceará começou melhor, tentando impor o favoritismo de antes da partida dentro de campo. Antes dos dez minutos do primeiro tempo, por pouco o time alvinegro não abriu o placar com duas boas oportunidades. A primeira, depois de erro de Camutanga, o meia Wescley ficou na cara do goleiro Bruno, que fez a defesa. Depois, o lateral esquerdo João Lucas invadiu a área alvirrubra e acertou a trave.

O Ceará era melhor na partida, os jogadores do Timbu pareciam nervosos. Acuado, o Náutico só veio ter uma boa oportunidade de gol aos 15 minutos da primeira etapa. O centroavante Odilávio, recebeu a bola na intermediária e acertou uma bomba para o gol, o goleiro Richard fez grande defesa, evitando o gol alvirrubro.

A partir dos 25 minutos do primeiro tempo, o Náutico equilibrou mais as ações da partida, quando conseguiu ter mais posse de bola. Mesmo sem grandes chances de gols, as duas equipes faziam um confronto movimentado, até então aberto. E assim terminou a primeira etapa.

SEGUNDO TEMPO

O segundo tempo começou mais pegado. Assim como no início de jogo, o Ceará tentava pressionar o Náutico no ataque, mas a defesa alvirrubra conseguia suportar bem as investidas do time alvinegro. Aos 19 minutos, foi a vez do Timbu carimbar a trave. O lateral direito Hereda cruzou para a área e a bola quicou, ganhando altura e atingindo o travessão.

Com mais posse de bola depois que Wallace Pernambucano foi acionado na partida, o Náutico surpreendeu e chegou ao gol aos 30 minutos da segunda etapa. O jovem atacante Thiago, de 18 anos, que não vinha bem no jogo, fez uma bela jogada dentro da área, limpando o marcador e chutou cruzado, o zagueiro Valdo desviou e tocou contra o próprio patrimônio, abrindo o placar do jogo.

Com o placar adverso, o Ceará se jogou no ataque em busca do empate. Com o final de jogo dramático, o Náutico suportou bem a pressão do Vozão e, aos 45 minutos do segundo tempo, em um rápido contra-ataque puxado por Wallace Pernambucano, matou o jogo. Thiago recebeu o passe do artilheiro alvirrubro e com frieza marcou o segundo gol do Timbu.

Fonte: JC Online