Vida FM Salgueiro FM

Prefeitura de Petrolina inaugura nova ciclovia com passeio ciclístico

No dia em que Petrolina completou 123 anos de emancipação política, a população que foi presenteada. Nessa sexta-feira, 21, a prefeitura inaugurou o último trecho da ciclovia da Avenida Cardoso de Sá.

O espaço reservado para passeios de bicicleta e caminhadas possui quase 7 km de extensão, ao longo de toda a parte urbanizada da Orla. Foi investido cerca de R$ 1,5 milhão na obra, concluída em apenas três meses após uma nova empresa assumir os trabalhos.

Um passeio ciclístico marcou a entrega do novo equipamento público de lazer e prática esportiva da cidade. Representantes de grupos e clubes de ciclismo da cidade participaram da atividade. Os ciclistas fizeram um percurso de ida e volta que somou quase 4 km na ciclovia.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Governo de Floresta-PE decreta situação de emergência por causa da estiagem

Devido à estiagem que assola o município há vários meses, o Governo de Floresta-PE decretou situação de emergência esta semana. Segundo publicação no Diário Oficial do Município, essa condição é válida por 180 dias a partir da data de publicação ou enquanto durar a necessidade advinda da seca.

O decreto assinado pelo prefeito Ricardo Ferraz leva em consideração que “as ações adaptadas pela Administração Pública do município de Floresta, em razão de sua limitada fonte de recursos, não se apresentam suficientemente aptas à solução de problemática situação emergencial”.

As medidas para combater os problemas decorrentes da falta de chuvas serão desenvolvidas por órgãos municipais coordenados pelo Conselho Municipal de Defesa Civil (COMDEC).

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Polícia Militar recupera carro roubado na estrada que dá acesso a Umãs

Um carro modelo Chevrolet Onix, cor prata, tomado de assalto por dois criminosos na estrada que dá acesso ao distrito de Umãs (Salgueiro-PE) na noite dessa sexta-feira, 21, foi recuperado por policiais militares do 8° BPM em um posto de combustíveis na cidade de Terra Nova-PE.

A polícia informou que os bandidos roubaram o veículo e praticaram mais dois assaltos durante a fuga. No carro foi encontrado um simulacro de pistola Taurus, uma carteira porta cédulas e R$ 560,00.

Na ação foi preso um homem de 36 anos, natural do Sítio Volta, zona rural de Verdejante. Ele foi autuado em flagrante delito após ser reconhecido pelas três vítimas.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Carreata a favor de Bolsonaro acontece neste sábado em Serra Talhada

Enquanto em algumas cidades mulheres promovem manifestações contra Bolsonaro neste sábado, 22, em outras há movimentações favoráveis ao presidenciável do PSL. Em Serra Talhada, maior cidade do Pajeú, apoiadores do militar da reserva prometem fazer uma grande carreata hoje, marcando a inauguração de um comitê do candidato na “Capital do Xaxado”. O ato está sendo organizado por um grupo de direita.

A concentração começa às 16h no comitê localizado na Rua Manoel Pereira Lins, n° 680, no Centro. Os veículos irão passar pelas seguintes vias: Avenida Afonso Magalhães, Rua Enock Ignácio de Oliveira, Rua Joca Magalhães, Rua Agostinho Nunes de Magalhães, Rua Erick Ignácio de Oliveira, parte do Alto do Bom Jesus, Rua Padre Romão Ferraz, Rua Jacinto Alves de Carvalho, Rua Inocêncio Gomes de Andrade e retorna ao ponto de partida.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Contagem Regressiva 15

Faltando 15 dias para a eleição, como candidato a deputado estadual, apresentamos ao povo Pernambucano nossos compromissos de exercer o mandato como fizemos quando fomos eleitos todas as vezes – 5 mandatos de Vereador em Salgueiro:

Ponto de Vista: Deveres e compromissos do estado x candidatos

No que nos diz respeito como candidatos, os compromissos assumidos coletivamente vamos honrar e se não puder, avisamos com antecedência.

Todavia, individualmente as ações que cabem ao poder público, não assumimos pessoalmente e sim, lutaremos para que as instituições cumpram com o seu papel. […]

REDE expulsa Júlio Lóssio do partido após ele receber apoio de candidatos ligados a Bolsonaro

Acusado de infidelidade partidária por receber apoio de candidatos ligados ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) em Pernambuco, Júlio Lóssio foi expulso da REDE Sustentabilidade pela Executiva Nacional do partido na noite dessa sexta-feira, 21. Em nota, Lóssio classifica a decisão da legenda como “manifestação opressiva e antidemocrática”.

No texto, o ex-prefeito de Petrolina expressa que a expulsão não seguiu o devido processo legal, sem garantia do contraditório e da ampla defesa. Contudo, garante que a campanha seguirá normalmente até decisão da Justiça Eleitoral.

“Confio no Poder Judiciário e tenho convicção de que esse ato arbitrário será revisto pelo Egrégio Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco”, diz a nota, sobre o pedido de cancelamento do registro de candidatura.

Júlio acrescenta que os partidos políticos não podem pregar a democracia da “porta pra fora” e funcionar como uma ditadura da “porta pra dentro”.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Alvinho Patriota incentiva prática de exercícios físicos em Salgueiro com Passeio Ciclístico

Ação inédita dos candidatos a deputado estadual Alvinho Patriota (PSC) e a deputado federal Gonzaga Patriota (PSB) incentivou a prática de exercícios físicos em Salgueiro na manhã deste sábado, 22. Os irmãos realizaram um “Passeio Ciclístico” que percorreu 3 km, da Praça da Academia das Cidades, em frente à Escola Carlos Pena Filho, até a feira livre, ao lado do Mercado Público. Gonzaga não pôde comparecer, mas foi representado pelo filho Gennedy Patriota.

Na companhia da vereadora Paizinha Patriota, do radialista Dorgival Luiz, do torcedor icônico do Carcará, Tarcísio da Buzina, e de vários ciclistas, Alvinho demonstrou disposição ao percorrer diversas ruas e avenidas do Centro pedalando. “Eu estou com coragem, eu estou disposto. Eu vim de bicicleta. Descendo foi muito bom, mas subindo foi melhor ainda, porque o povo há de subir a escala do progresso, do desenvolvimento e da saúde”, disse em discurso na feira.

Ainda na fala ao público formado em grande parte por agricultores, Alvinho pediu votos para Gonzaga e ressaltou a importância das obras complementares da Transposição do Rio São Francisco para beneficiar o povo sertanejo que sofre com a falta de água. “As pessoas que estão às margens dos canais estão vendo a água passar, mas não estão tendo direito de usar a água para a produção de alimentos, para beber e para matar a sede dos animais”, denunciou, destacando que vai enfrentar essas injustiças quando chegar à Alepe porque é independente.

“Eu estou no meio do povo, quer seja leão, quer seja zebra, eu estou a serviço do povo de Pernambuco, eu estou a serviço do povo de Salgueiro”, concluiu.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Pernambuco fica em 1° lugar no Nordeste e 2° no Brasil na geração de empregos em agosto

Dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados pelo Ministério do Trabalho nessa sexta-feira, 21, mostram que Pernambuco ficou em 1° lugar no Nordeste e 2° no Brasil na geração de empregos no mês passado. Foi o melhor desempenho de agosto desde 2011. O Estado gerou 11.563 postos de emprego, o que equivale a mais de 10% do total do país, atrás apenas de São Paulo.

De acordo com a Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação de Pernambuco (Sempetq-PE), levando em consideração o desempenho dos últimos 12 meses do mercado de trabalho local, o que suprime os efeitos da sazonalidade, foram criados cerca de oito mil postos formais em Pernambuco.

O resultado de agosto foi influenciado positivamente pela indústria de produtos alimentícios e bebidas, com a criação de mais de seis mil empregos, e pela agropecuária, com adicional de mais de dois mil postos.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Operação Força no Foco apreende 13 pedras de crack no bairro Planalto, em Salgueiro

Durante realização da Operação Força no Foco nessa sexta-feira, 21, policiais militares do 8° BPM desbarataram uma boca de fumo localizada na Rua Antônio de Alencar Sampaio, no bairro Planalto, em Salgueiro. Os policiais foram ao local para cumprir um mandado de busca e apreensão e encontraram drogas, dinheiro, aparelhos celulares e uma faca.

De acordo com o 8° BPM, na residência os PMs apreenderam 13 pedras de crack, uma trouxinha de maconha pesando aproximadamente 1,02 gramas, oito aparelhos celulares, uma faca tipo tática da marca Barcelona e R$ 260,00.

Um homem de 37 anos, uma jovem de 23 e um adolescente de 17 anos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Salgueiro. O casal acabou autuado em flagrante por tráfico de entorpecentes e o menor submetido a um BOC (boletim de ocorrência circunstanciado).

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Bolsonaro tem 27% e Haddad 17%, diz XP; Ciro fica para trás com 10%

Nova pesquisa eleitoral divulgada ontem (21) pela XP Investimentos mostra Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) isolados no primeiro turno: Bolsonaro tem 27%, enquanto Haddad tem 17%. Ciro Gomes (PDT), que chegou a aparecer em segundo lugar em pesquisas anteriores, acabou ficando para trás e agora tem 10% das intenções de voto.

Bolsonaro cresceu dois pontos em relação à última pesquisa, enquanto Haddad cresceu um ponto. Ciro caiu um ponto, enquanto Alckmin e Marina caíram dois pontos cada.

A pesquisa foi feita pelo Instituto de pesquisas sociais, políticas e econômicas (Ipespe), por telefone, entre 17 e 19 de setembro, com duas mil pessoas. A margem de erro é de 2,2 pontos, para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no TSE como BR-02995/2018.

Ainda há uma grande parcela do eleitorado, quase 1 entre 4 eleitores, que não sabe em quem votar ou não escolherá ninguém. 23% votarão em branco, nulo, em ninguém ou não sabem.

Fonte: EXAME

Em tom de autoajuda, Barroso clama por respeito às instituições

“Não importa o que esteja acontecendo, faça o melhor que você puder”. Foi assim que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso terminou uma palestra de cerca de uma hora a investidores em evento promovido pela XP Investimentos, em São Paulo, nesta sexta-feira (21).

Em tom de autoajuda, Barroso afirmou que o momento atual, diante das incertezas eleitorais, é “aflitivo” e “angustiante”, mas que as pessoas não poderiam se hipnotizar pela “fotografia sombria” que se apresenta. “O filme de 30 anos de democracia nos dá motivos para celebrar”, afirmou, citando conquistas recentes, inclusive para minorias como afrodescendentes e a comunidade LGBT.

Em um dos momentos mais descontraídos da exposição, o ministro confidenciou que é convidado a paradas do orgulho gay, por ter votado a favor da união estável homoafetiva, e também à marcha da legalização da maconha, por ter sido favorável à descriminalização.”Recentemente uma militante das uniões poliafetivas veio dizer que, dado meu histórico, contava com meu apoio. Em uma democracia, não há tema tabu, que não possa ser discutido, mas imaginem para que tipos de evento eu não passaria a ser convidado?”, questionou, arrancando risos da plateia e até uma manifestação de “Que horror!”, de uma espectadora.

Barraso falou em um palco compartilhado com o dono da Cacau Show, Alexandre Tadeu, o velejador Amyr Klink e o investidor Romero Rodrigues. Os presentes usavam fones com quatro canais de áudio, e, não raro, a plateia que acompanhava a palestra de Klink dava gargalhadas que se sobrepunham à fala do ministro.

Em sua exposição, Barroso defendeu uma reforma política (incluindo voto distrital e menos partidos) e reformas econômicas (da Previdência e tributária). Também frisou a importância do respeito ao resultado das eleições majoritárias (“quem ganhar leva”). “Por fim, o vencedor deve governar respeitando as regras do jogo e os direitos fundamentais”, apelou, reforçando os papéis do STF e da Constituição.

No começo da exposição, Barroso lembrou três capas da revista britânica The Economist, em que o Brasil era o foco: com o Cristo Redentor decolando, em 2009, com o mesmo Cristo caindo, em 2013; em uma com a ex-presidente Dilma Rousseff e o título “Time to go”, em 2016, às vésperas do impeachment. Na saída do evento, questionado por ÉPOCA sobre a última capa do veículo, com Jair Bolsonaro e o título “A última ameaça na América Latina”, Barroso foi enfático: “Tenho minha opinião, mas não posso revelar”.

Fonte: ÉPOCA

Futuro presidente do Brasil terá de enfrentar financiamento do SUS

A revitalização do Sistema Único de Saúde (SUS), responsável pelo atendimento exclusivo de cerca de 75% da população brasileira, hoje estimada em 208,5 milhões de pessoas, está entre os principais desafios do próximo presidente da República, juntamente com a segurança pública e a geração de empregos.

Segundo dados do Ministério da Saúde, o SUS é um dos maiores sistemas de saúde do mundo: em 2017 foram realizados 3,9 bilhões de atendimentos na rede credenciada.

Entre os procedimentos mais frequentes, ao longo do ano passado, estão, por exemplo, consulta médica em atenção básica e especializada, visita domiciliar, administração de medicamentos em atenção básica e especializada, aferição de pressão arterial e atendimento médico em UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

A estrutura do SUS em todo o Brasil envolve 42.606 unidades básicas de saúde e o mesmo número de equipes do programa Saúde da Família, 596 UPAs, 2.552 centros de atenção psicossocial (Caps), 1.355 hospitais psiquiátricos, 436.887 leitos, 3.307 ambulâncias, 219 bancos de leite humano e 4.705 hospitais conveniados (públicos, filantrópicos e privados).

Para financiar essa rede de atendimento, a pasta da Saúde tem o maior orçamento da Esplanada dos Ministérios. Em 2018, a previsão no Orçamento Geral da União é de R$ 130,2 bilhões, sendo R$ 119,3 bilhões para ações e serviços públicos. Quem está na ponta do sistema, no entanto, reclama de subfinanciamento da saúde pública.

Segundo o presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Leonardo Vilela, as verbas federais são “absolutamente insuficientes” para custear o sistema público, o que vem obrigando os estados e os municípios a ampliarem sua participação. Isso, conforme Vilela, resulta em hospitais privados conveniados quebrando, filantrópicos endividados e atendimento precário nos hospitais públicos.

“Se o próximo presidente não resolver a questão do financiamento, o sistema vai entrar em colapso”, afirmou.

O diagnóstico do presidente do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Mauro Guimarães Junqueira, segue a mesma linha.

“Os repasses federais vêm caindo nos últimos tempos. Não levam em conta aumento da população, nem o aumento do desemprego que joga mais pessoas no SUS, nem o envelhecimento da população, com consequente aumento das doenças crônicas. Também não considera os avanços tecnológicos, que custam caro”, argumentou.

Cálculos feitos pelos dois conselhos, com base em dados do Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde (Siops), do Ministério da Saúde, mostram uma linha decrescente no fluxo de recursos federais para financiamento da saúde pública.

Em 1993, a participação da União era de 72%, dos municípios, 16%; e dos estados, 12%. Em 2002, a União entrou com 52,4% das verbas, os municípios, com 25,5%; e os estados, com 22,1%.

No ano passado, a União aplicou R$ 115,3 bilhões em saúde, o que representa 43,4% do total de recursos públicos investidos no SUS. Os municípios entraram com R$ 81,8 bilhões (30,8%), e os estados com R$ 68,3 bilhões (25,8%).

Os dois secretários reconhecem a necessidade de melhorar a gestão do sistema público, por meio do treinamento e capacitação de gestores dos hospitais e unidades de saúde, mas argumentam que, ainda assim, a verba é insuficiente para atender a demanda da população.

Segundo Vilela, a crise econômica, além de reduzir a arrecadação de impostos, colocou no sistema os trabalhadores desempregados que perderam planos de saúde, sobrecarregando ainda mais a rede pública. “Até para melhorar a gestão precisamos de mais recursos, pois um dos caminhos, a informatização, custa dinheiro”, disse.

Para o Conasems, um dos caminhos para ampliar o financiamento da saúde pública é a revisão da política de isenções fiscais concedidas a setores produtivos. “As desonerações representam mais do que o dobro do orçamento do Ministério da Saúde”, afirmou.

Além disso, os conselhos defendem revisão das competências dos três entes da Federação e da repartição da arrecadação, bem como de leis que engessam a administração pública, refletindo diretamente na gestão do sistema de saúde.

Apesar das dificuldades, o Ministério da Saúde vê no SUS áreas de referência mundial. São bons exemplos a terapia antirretroviral, o sistema público de transplantes, o programa de imunizações, o banco de leite materno e a assistência farmacêutica.

O SUS fornece 22 antirretrovirais, em 38 apresentações farmacêuticas, para o tratamento de portadores do HIV em todo o país. A organização do banco de leite humano brasileiro é referência para 40 países, sendo que 23 têm cooperação internacional com o Brasil para utilização do modelo.

Fonte: Agência Brasil