Vida FM Salgueiro FM

Mais visto

Top 10: Notícias mais acessadas 27/08/2018 a 31/08/2018

1 – Concurseiros são detidos tentando fraudar concurso da PM em Petrolina

2 – Funcionário é demitido por tentar abordar Silvio Santos no SBT

3 – Acidente em frente ao acesso do canteiro de obras da Transposição mata motociclista em Penaforte-PE

4 – Ministério Público de Pernambuco pretende realizar concurso público ainda este ano

5 – Recluso da Cadeia de Araripina é morto a facadas dentro do estabelecimento prisional

6 – Polícia prende acusado por tráfico de drogas com mandado expedido pela Comarca de Salgueiro

7 – Operação conjunta da polícia apreende arma de fogo e cocaína em Verdejante

8 – Engenheiro do DNIT em Salgueiro diz que acesso ao Santo Antônio não é responsabilidade do órgão

9 – Mulher é autuada por comunicação falsa de crime na zona rural de Verdejante

10 – TCE-PE multa prefeita de Mirandiba por falta de transparência na gestão fiscal

Ex-PM é preso após matar menina de 5 anos e idoso, na Zona Leste de SP

O ex-Policial Militar Kleber dos Santos Alves, de 34 anos, foi preso em flagrante na última sexta (31) após matar uma criança de 5 anos e seu avô na Vila Matilde, Zona Leste de São Paulo.

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência, Alves foi encontrado na região logo após o crime. Com ele havia um revólver calibre 38 com numeração raspada e uma touca.

Ao ser preso, ele assumiu a autoria do crime e disse querer vingar-se da ex-mulher, por não aceitar o fim do relacionamento. A mulher é mãe da criança e filha do homem assassinados. O caso foi registrado no 54 DP.

Kleber Alves foi expulso da corporação em 2008, um ano após matar a então namorada, de acordo com informações do Jornal Extra.

Fonte: Veja São Paulo

Alckmin mostra Bolsonaro ofendendo mulheres em comercial de 30 segundos

O candidato à Presidência pelo PSDB, Geraldo Alckmin, divulgou nesse sábado (1º.set.2018) um vídeo em que mostra o adversário Jair Bolsonaro (PSL) em 3 situações de enfrentamento com mulheres, de maneira ofensiva.

As imagens foram exibidas como inserção na televisão. No 1º momento, a narradora do PSDB pergunta: “Você gostaria de ser tratada desse jeito?”. Em seguida, é exibida uma discussão entre Bolsonaro e a deputada Maria do Rosário (PT-RS). O militar afirma: “Dá que te dou outra, dá que te dou outra”, em tom de ameaça.

Depois, o vídeo indaga: “[Você gostaria] que sua mãe fosse tratada assim?” É exibida, então, uma entrevista em que Bolsonaro chama a repórter de “idiota” e “ignorante”.

Novamente, aparece o capitão com Maria do Rosário, mas chamando-a de “vagabunda”.

O ataque direto a Bolsonaro visa a desconstruir a imagem do militar, sobretudo diante do eleitorado mulher.

Na sexta-feira, o PSDB já havia exibido propaganda criticando o “discurso da bala” de Bolsonaro.

Fonte: Poder 360

Ciro critica ‘direita entreguista’ e diz que vai investir na produção nacional

O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, criticou nesse sábado (1º), em Curitiba, o que chamou de “direita entreguista” e afirmou que se eleito vai investir na produção nacional.

Ciro fez uma caminhada com eleitores e aliados políticos pelo centro da capital paranaense.

“Não faz sentido o Brasil importar óleo diesel do estrangeiro deixando 40% da nossa capacidade de refino brasileiro ociosos, gerando emprego nos Estados Unidos com o dinheiro do povo brasileiro”, afirmou o candidato.

“Nós estamos importando do estrangeiro fertilizantes, defensivos agrícolas, agrotóxicos e implementos”, afirmou. Segundo ele, “só este ano nós vamos trazer, do estrangeiro, US$ 17 bilhões com o dinheiro de impostos do brasileiro, financiando emprego nos Estados Unidos, na Europa e na China”, afirmou Ciro.

No primeiro dia da horário eleitoral dos candidatos a presidente na TV e no rádio, o presidenciável defendeu mais debates com os adversários na disputa pela Presidência.

Ele disse que a propaganda no rádio e na TV nem sempre mostra os candidatos como são de fato.

“Tudo isso é produzido. O cara ali diz o que quiser no programa de propaganda. No debate, não. É um contra o outro, e eu vou tirar a máscara dessa direita entreguista brasileira”, afirmou Ciro.

Fonte: RPC Paraná

“Vamos mudar o sistema corrupto, nem que seja na bala”, diz filho de Bolsonaro

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL), respondeu em suas redes sociais a uma crítica feita pelo candidato Geraldo Alckmin (PSDB), em propaganda veiculada na TV. As informações são do site Metropoles.

“Vamos mudar o sistema corrupto, nem que seja na bala”, disse o parlamentar. A publicação foi apagada logo em seguida.

No vídeo vinculado na tarde deste sábado (01), uma bala perfura diversos objetos antes de atingir uma criança negra e a seguinte mensagem: “Não é na bala que se resolve.”

Fonte: IstoÉ

PT tira Lula como candidato do primeiro programa eleitoral

O início da propaganda eleitoral sempre foi um momento determinante para as campanhas. Este ano, no entanto, os programas terão pouco mais de um mês de transmissão, e irão disputar relevância com a difusão da imagem dos candidatos na mídia digital. Os primeiros programas eleitorais de rádio e televisão dos candidatos à presidência da República foram ao ar na manhã e início da tarde deste sábado.

No programa de rádio veiculado pela manhã, Lula apareceu como candidato. A presença do ex-presidente, no entanto, não indica desrespeito à decisão da Justiça Eleitoral, que na noite de sexta-feira negou a candidatura de Lula e restringiu sua aparição nos programas. 

Os ministros definiram que as peças publicitárias finalizadas para o fim de semana podem ser transmitidas levando em conta que o partido não teria tempo para refazê-las. 

Ainda assim, os advogados eleitorais de Lula afirmaram, sobre a decisão do plenário do TSE, que ainda não está claro o que foi expressamente vetado na propaganda eleitoral. Na programa exibido em televisão, Lula não aparece como candidato, mas em manifestações e em um curto vídeo onde fala sobre a situação do Brasil, gravado antes de sua prisão em abril. 

O até agora vice de Lula e seu provável substituto na cabeça da chapa, Fernando Haddad, tomou o maior espaço do vídeo,  e jurou aos eleitores que irá lutar pela candidatura e o legado do ex-presidente. 

O Partido dos Trabalhadores, que já havia dado pistas em suas redes sociais de como seria o tom da estreia do programa do partido na propaganda eleitoral gratuita, decidiu divulgar o vídeo produzido originalmente para este sábado na íntegra pela internet tão logo o ministro Barroso, ao pronunciar seu voto, deliberou sobre as restrições da imagem do ex-presidente.

“Assista ao programa eleitoral de Lula Presidente que Barroso tem medo que passe na TV. Mostre para os amigos, compartilhe. Curta a página de Lula e acompanhe nas redes sociais o movimento pela democracia e pela vontade do povo nas urnas”, publicou o PT no Facebook e Twitter.  

Fonte: CartaCapital