Vida FM Salgueiro FM

Mais visto

IFPE abre inscrições para Seminário de Inclusão e Encontro de Povos Indígenas e Quilombolas em Pesqueira

Entre os dias 26 e 28 de setembro, a Pró-Reitoria de Extensão do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) promove no Campus Pesqueira a 5ª edição do Seminário de Inclusão e o I Encontro de Povos Indígenas e Quilombolas. O tema é “Nenhum direito a menos”.

Segundo a coordenadora de Políticas Inclusivas do IFPE, Alaíde Cavalcanti, os dois eventos acontecem de forma integrada com objetivo de fortalecer a discussão sobre direitos humanos e tornar a instituição cada vez mais inclusiva. “Para isso queremos envolver a comunidade de toda Pesqueira e região”, destaca.

Os encontros têm entrada gratuita e são abertos ao público em geral. A participação pode ser como ouvinte ou para apresentação de relatos de experiências exitosas em inclusão, nas áreas temáticas de Gênero e Diversidade, Indígenas e Quilombolas, Pessoa com Deficiência, Pessoa Idosa e Tecnologia Assistiva.

Inscrições para o público em geral podem ser feitas de 1° a 28 de setembro. Já as submissões de trabalhos ocorrem no período de 3 a 10 do mesmo mês. Os dois procedimentos podem ser realizados no site do seminário ou presencialmente no campus.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Grupo Vates e Viola se apresenta no 10° Festival Lula Calixto neste sábado

O grupo musical Vates e Viola se apresenta em Arcoverde neste sábado, 1, durante o 10° Festival Lula Calixto. Natural de Prata-PB, a banda vai tocar novas canções e sucessos que marcam os 29 anos da trajetória artística do conjunto, em show gratuito no Alto do Cruzeiro.

A nova turnê da banda, intitulada “Diboa”, apresenta uma coletânea de sucessos do Vate e Viola, relembrando o percurso musical iniciado em 1989 com o primeiro disco “Cantos e Cantigas”. O show também traz canções do último álbum do grupo, “Intensidade (2015)”, além de novidades.

Festival Lula Calixto

Iniciado nessa sexta-feira, 31, o 10° Festival Lula Calixto celebra o 20° aniversário do Samba de Coco Raízes de Arcoverde. O projeto objetiva fazer uma ligação entre várias culturas, estimulando a valorização e resistência dos grupos, produtores e participantes. A programação termina amanhã. Cerca de 40 atrações culturais irão se apresentar na cidade.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Júlio Lóssio defende maior valorização dos professores durante 14ª Conferência Estadual de Educação

Candidato da REDE ao Governo de Pernambuco, o ex-prefeito de Petrolina Júlio Lóssio defendeu uma maior valorização dos professores durante participação na 14ª Conferência Estadual de Educação, em Gravatá. No evento realizado na tarde de ontem, 31, Lóssio também expôs propostas para a educação infantil.

Para o candidato do partido da presidenciável Marina Silva, o salário dos professores de todas as regiões de Pernambuco deveria ser muito superior ao piso atual. “Nós poderíamos ter uma condição muito melhor. Nós não vamos aqui prometer dobrar salário, mas mostrar os números, de que é possível se a gente fizer um esforço”, afirmou.

“Vamos fazer as coisas de maneira simples, mas não da forma mais simples, de maneira que contemple a formação, o tempo de serviço e uma valorização diferencial para os professores e professoras que estão dentro da sala de aula”, completou Júlio Lóssio.

Entre as propostas do candidato para a educação infantil está a criação da Rede de Proteção à Primeira Infância, com realização de pré-natal e construção de creches, e a inserção de atividades de artes marciais nas escolas, a exemplo da capoeira, que foi introduzida no Nova Semente, programa de creches criado por Lóssio em Petrolina.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Frente Popular de Pernambuco promove ato de campanha em Parnamirim

A Frente Popular de Pernambuco realizou um ato de campanha na noite dessa sexta-feira, 31, em Parnamirim. Depois de passar por Salgueiro, Paulo Câmara (PSB), governador que tenta a reeleição, acompanhado da candidata a vice, Luciana Santos (PCdoB), e dos candidatos ao Senado, Jarbas Vasconcelos (MDB) e Humberto Costa (PT), promoveram uma edição do Prosa Política no Clube 26 de Julho, no Centro da cidade.

Paulo fez uma prestação de contas de sua gestão nos últimos três anos e sete meses, destacando o desafio de governar um estado durante o período de uma das maiores crises econômicas e políticas do país. O socialista disse que seu maior desafio nessa campanha é mostrar aos pernambucanos tudo aquilo que foi possível ser feito e o porquê não conseguiu fazer tudo.

Aos moradores de Parnamirim, o governador se comprometeu a proporcionar avanços para o Sertão pernambucano, prometendo mais acesso à água, segurança, saúde e educação de qualidade. “Arrumamos a casa e preparamos Pernambuco para o futuro, quando teremos condições de terminar aquilo que a crise não deixou”, afirmou.

Participaram do evento o prefeito de Parnamirim, Tácio Pontes, o ex-prefeito Nininho Carvalho, o prefeito de Santa Filomena, Cleomatson Coelho, além de candidatos a deputado estadual, federal e outras lideranças políticas da região.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

FliSertão anima fim de semana em Petrolina com programação diversificada

Uma programação diversificada do FliSertão (1° Festival Literário do Sertão do São Francisco) anima Petrolina neste fim de semana. Até esse domingo, 2, o público poderá curtir atrações teatrais, musicais, oficinas, contação de histórias, lançamentos de livros, exibição de curtas, gincana cultural e feria de livros.

Neste sábado, 1, o palco principal do FliSertão recebe uma performance do poeta Chico Pedrosa, a partir das 15h. Para o turno da noite, às 19h, está agendado um show com Maciel Melo. Amanhã, a última atração a subir no palco vai ser o escritor salgueirense Raimundo Carrero, que fará o lançamento de seu livro “Quadrilogia”.

A coordenadora da feira, Willany Reis, garante que será um fim de semana de muita cultura e arte, com atividades voltadas para a família. “O evento, organizado pela Prefeitura de Petrolina, através da Secretaria de Educação, e Andelivros, foi pensado para que os petrolinenses, em família, pudessem experimentar momentos saudáveis, divertidos e educativos valorizando a leitura”, comenta.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Homem é preso por violência doméstica na cidade de Mirandiba

Policiais militares do 8° BPM prenderam na noite dessa sexta-feira, 31, um homem de 39 anos acusado de praticar violência doméstica contra uma mulher de 51 anos na Vila Projetada, em Mirandiba. O efetivo foi ao local por solicitação de uma filha da vítima, a qual relatou que o indivíduo ameaçou sua mãe de morte e quebrou objetos dentro da residência.

A guarnição fez buscas pela cidade e encontrou o acusado na calçada da casa de uma sobrinha. Ele ainda tentou fugir, pulando o muro do imóvel vizinho, mas foi capturado. Ao ser abordado, foi flagrado com um punhal nas vestimentas.

Na delegacia, a vítima relatou que o homem havia prometido matá-la pela manhã. Ele foi autuado em flagrante delito por violência doméstica.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Serra Talhada sedia 4ª Romaria da Juventude neste domingo

Como parte da programação da 228ª Festa de Nossa Senhora da Penha, jovens católicos de Serra Talhada e outros municípios do Sertão do Pajeú se reúnem na “Capital do Xaxado” nesse domingo, 2, para participar da 4ª Romaria da Juventude. O arrastão em louvor à padroeira sairá Avenida Afonso Magalhães e termina na Praça Barão do Pajeú.

Os organizadores informaram que a concentração será a partir das 15h, em frente à Natal Home Center, onde acontecerá a reza do terço por Teto Fonseca da Comunidade Pio X, de Campina Grande. Na sequência, os jovens sairão com trio elétrico animado pelo EJC do Bom Jesus e o andor de Nossa Senhora da Penha.

Em determinado momento o trio vai parar e o andor segue pela Praça Barão do Pajeú para a missa campal na Igreja Matriz, que será celebrada pelo padre Edilberto Brasil. Após a liturgia, haverá show católico com o cantor Thiago Brado, a partir das 21h. Cerca de 4.500 jovens são esperados para o evento.  

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Alvinho e Gonzaga suspendem agendas de campanha por causa do falecimento de irmã

As agendas de campanha de Alvinho Patriota (PSC), candidato a deputado estadual, e Gonzaga Patriota (PSB), que busca renovar mandato de deputado federal, foram suspensas neste fim de semana em decorrência do falecimento da irmã deles Lourdes Freire. Ela morreu aos 68 anos nessa sexta-feira, 31, em Petrolina, por problema de saúde.

Em nota publicada na página oficial de campanha no Facebook, Alvinho lamentou o acontecimento e informou o cancelamento dos compromissos neste sábado e domingo. “Recebi com profunda tristeza a notícia do falecimento de minha irmã Lourdes Freire, 68 anos, ocorrido hoje em Petrolina. (…) Informo que devido a esse lastimoso acontecimento, cancelei todos os meus compromissos de campanha neste fim de semana”, escreveu.

O mesmo foi feito pelo deputado federal Gonzaga Patriota. “Foi com bastante pesar que recebi a notícia do falecimento da minha irmã Lourdes Freire, aos 68 anos, ocorrido na data de hoje. (…) A Deus, pedimos que dê a minha querida irmã o merecido repouso eterno em seu reino”, publicou, comunicando também o cancelamento das atividades eleitorais.

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Após reajuste de 16%, juízes querem manter auxílio-alimentação

O acordo entre o ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF) e o Michel Temer para garantir o reajuste salarial de 16,38% aos magistrados em troca do fim do auxílio-moradia terá agora pela frente o auxílio-alimentação. Os juízes afirmam que o reajuste de 16,38% não é suficiente e querem manter os auxílios.

Segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo, “a ação sobre o auxílio-alimentação está na pauta de julgamentos do dia 12 de setembro. Trata-se da ADI (Ação Direta de Inconstitucionalidade) 4822. O caso está no STF desde 2013 – Toffoli pediu vista do caso na ocasião.

“As entidades sustentam que as perdas salariais acumuladas chegam a 40% por causa da inflação, e que o índice de 16,38% é insuficiente para compensá-las. O pagamento irrestrito do auxílio-moradia a toda a magistratura é feito desde 2014 por força de uma liminar de Fux.”, diz a matéria.

Magistrados da ativa perderão o auxílio de R$ 4.377 livre de impostos, que traz desgastes ao Judiciário, para ganhar aproximadamente R$ 5.000 a mais no salário – o valor será tributado. Juízes aposentados,  que não recebem auxílio-moradia, serão beneficiados, pois o reajuste chegará a eles.

A questão em torno da ADI 4822, sobre o auxílio-alimentação, é que, com a estratégia de Toffoli, ela deverá ser usada, no mínimo, como precedente para declarar inconstitucionais quaisquer auxílios.

Fonte: Revista Fórum

TSE decide por 6 votos a 1 rejeitar a candidatura de Lula a presidente

Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiram por 6 votos a 1, em julgamento concluído na madrugada deste sábado (1º), pela rejeição do pedido de registro de candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à Presidência da República.

Na sessão, a maioria dos ministros também proibiu Lula de fazer campanha como candidato, inclusive na propaganda de rádio e TV, que começa neste sábado (1º) para os presidenciáveis. O PT terá agora dez dias para substituir o candidato.

A maioria dos ministros entendeu que decisão entra em vigor desde já, embora ainda exista possibilidade de recurso ao próprio TSE ou ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Após o julgamento, a defesa não adiantou o que pretende fazer. Os advogados afirmaram que ainda vão discutir com o PT se e como vão recorrer da decisão.

Na última parte da sessão, os ministros decidiram que, até a substituição de Lula, o PT poderá continuar fazendo propaganda eleitoral, mas sem a participação dele como candidato.

Segundo a defesa, Lula poderá aparecer, mas somente na condição de apoiador do candidato a vice-presidente, Fernando Haddad, que poderá vir a substituí-lo como cabeça de chapa.

Fonte: G1

Previdência e Bolsa Família dependerão de regra de ouro em 2019

O próximo presidente da República estreará no governo com um desafio: terá de conseguir, nos seis primeiros meses, a aprovação pelo Congresso Nacional de um crédito extraordinário de R$ 258,176 bilhões. A votação será necessária para evitar o descumprimento da regra de ouro e garantir a continuidade de despesas essenciais, como o pagamento dos benefícios da Previdência Social e do Bolsa Família.

Esse é o montante que o próximo governo terá de emitir em títulos públicos para poder financiar despesas correntes (do dia a dia) porque as receitas de impostos e contribuições são insuficientes para cobrir esses gastos. A Constituição determina que o governo especifique quais despesas serão cobertas pelo crédito extraordinário, o que está sendo feito na proposta do Orçamento Geral da União de 2019, enviado ontem (31) ao Congresso.

De acordo com a proposta, a execução de cinco tipos de despesas está garantida apenas nos seis primeiros meses de 2019: benefícios da Previdência Social, Benefícios de Prestação Continuada (BPC) e da Lei Orgânica de Assistência Social (Loas), Bolsa Família, subsídios e subvenções econômicas e compensação da desoneração da folha de pagamento paga pelo Tesouro Nacional à Previdência Social.

Instituída pelo Artigo 167 da Constituição de 1988, a regra de ouro determina que o governo não pode endividar-se para financiar gastos correntes (como a manutenção da máquina pública), apenas para despesas de capital (como investimento e amortização da dívida pública) ou para refinanciar a dívida pública. Nos últimos anos, os sucessivos déficits fiscais têm posto em risco o cumprimento da norma, o que tem levado o Tesouro a buscar fontes de recursos para ter dinheiro em caixa e reduzir a necessidade de emissão de títulos públicos.

De acordo com o ministro do Planejamento, Esteves Colnago, a inclusão de gastos previdenciários e assistenciais no crédito extraordinário ocorreu porque essas despesas têm sido parcialmente cobertas com emissões de títulos. Segundo ele, a aprovação do crédito extraordinário não é preocupante porque o tema não deve encontrar resistência dentro do Congresso.

“Essas são despesas primárias que comportavam condicionamentos de montantes. Esperamos que o próximo presidente tenha até junho do próximo ano para aprovar o crédito extraordinário. Não acredito que esse tema encontrará resistência para a aprovação, até porque se trata de gastos sociais importantes”, declarou Colnago.

Fonte: Agência Brasil