Vida FM Salgueiro FM

Trabalho de Serra Talhada é selecionado para o 12° Congresso Brasileiro de Saúde

Marcado para ocorrer de 26 a 29 de julho no campus da Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro, o 12° Congresso Brasileiro de Saúde contará com um trabalho do município de Serra Talhada. O evento, realizado pela Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO), tem como tema este ano “Fortalecer o SUS, os direitos e a democracia”.

Quem vai representar a ‘Capital do Xaxado’ é o coordenador da Atenção Primária da Secretaria Municipal de Saúde, Hugo Leonardo, responsável pelo trabalho “Planejamento Estratégico Situacional na Gestão da Atenção Primária”. O estudo foi selecionado na modalidade “Comunicação Oral”.

Hugo apresentará o Planejamento Estratégico Situacional para Atenção Primária – PESAP, um instrumento criado pela prefeitura em parceria com a Faculdade de Integração do Sertão (FIS), Escola Técnica de Pernambuco, Centro de Ensino e Pesquisa em Emergências Médicas (CEPEM) e Universidade de Pernambuco (UPE).

Da redação do Blog Alvinho Patriota

Economia brasileira encolheu 0,13% no primeiro trimestre, aponta Banco Central

A economia brasileira frustrou expectativas e encolheu no primeiro trimestre. O índice do Banco Central que mede a atividade do país (IBC-BR), divulgado nessa quarta-feira, mostrou que a atividade caiu 0,13%. A previsão dos analistas do mercado financeiro era de uma alta de 0,2% nos três primeiros meses do ano. Pelas contas da autoridade monetária, o Brasil interrompeu uma sequência de quatro trimestres de crescimento.

Segundo o BC, houve uma retração da atividade econômica em cada um dos três primeiros meses deste ano. Em março, o tombo foi o mais forte: 0,74%. Isso puxou o desempenho trimestral ainda mais para baixo.

Dúvidas sobre velocidade da retomada

Após a divulgação do IBC-Br, o Bank of America Merrill Lynch reduzir a projeção para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro deste ano. A expectativa, que era de expansão de 3%, caiu para 2,1%.

Na semana passada, o Itaú já tinha reduzido sua projeção para a expansão do PIB este ano de 3% para 2%.

Em relatório a clientes, o Bank of America destaca que os resultados do mercado de trabalho têm sido frustrantes, com a taxa de desemprego alcançando 13,1% em março.

Fonte: O Globo

MPF denuncia 11 brasileiros por promoção do Estado Islâmico no País

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou, na manhã desta quinta-feira (17), 11 brasileiros por formação de organização criminosa e por promoção do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) no País.

Essa é a primeira grande denúncia que é feita no Brasil contra suspeitos de integraram o grupo extremista. De acordo com a denúncia, os brasileiros tentaram recrutar jihadistas para lutar a favor do Estado Islâmico na Síria.

Além de reforçar a luta jihadista, os brasileiros recrutados também seriam direcionados pelo grupo a participarem de atentados terroristas no Brasil. A informação a respeito de tal denúncia foi divulgada pelo jornal O Estado de S.Paulo .

Cinco dos 11 denunciados também respondem na Justiça pelo crime de corrupção de menores. Isso porque, entre as pessoas recrutadas por esses integrantes da organização criminosa, estariam jovens e crianças. 

A denúncia apresentada pelo MPF se baseia em conversas e trocas de mensagens em aplicativos e redes sociais. Tais mensagens foram interceptadas pela Polícia Federal, e a denúncia é resultado da Operação Átila – mantida em sigilo até março.

Desde outubro do ano passado, sete pessoas foram detidas e prestaram depoimento sob condução coercitiva a respeito das mesmas questões.  

Dois dos envolvidos no ano passado permanecem presos preventivamente: são eles Jhonatan Sentinelli Ramos, de 23 anos, e Welington Moreira de Carvalho, de 46 anos.

Fonte: Último Segundo

Lula autorizou PT a negociar alianças para 2º turno, dizem Gleisi e Haddad

A presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), e o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, relataram nesta quinta-feira (17) que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva “liberou” o PT para conversar com outros partidos de centro-esquerda visando uma aliança eleitoral para o segundo turno da eleição. Gleisi e Haddad visitaram o petista na cela onde ele está preso há 40 dias, na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba.

Para o primeiro turno, o partido ainda insiste no registro da candidatura de Lula e alega que ele pode concorrer e até ser eleito, mesmo preso e condenado em segunda instância. “Ele tem até sua diplomação para levantar sua inelegibilidade”, afirmou Gleisi Hoffmann.

A presidente do PT reconheceu, no entanto, que o petista corre o risco de ser impedido pela Justiça Eleitoral de concorrer. “No primeiro turno, nós teremos candidato, será Lula. No segundo turno, ele vai vencer e queremos fazer uma composição. Se não for ele, nós vamos ver quem da esquerda foi para o segundo turno. Se lá na frente nada der certo, o presidente saberá encaminhar o processo junto com a direção do PT”, disse Gleisi.

A dirigente petista afirma que a Lei da Ficha Limpa, que considera inelegível condenados em segunda instância, não impede que políticos concorram quando há possibilidade de reversão em seus processos judiciais. Gleisi deu o exemplo da eleição de Walter Tenan (MDB) como prefeito de Porecatu (PR), em 2008. O político foi eleito enquanto estava preso e assumiu posteriormente. Caso o TSE negue o registro da candidatura de Lula, ele poderá concorrer ao Planalto desde que consiga uma liminar no Superior Tribunal de Justiça (STJ) ou no Supremo Tribunal Federal (STF).

Fonte: VEJA

‘Vídeos chocantes’, diz delegado sobre material apreendido em operação de combate à pornografia infantil

Um dos presos na segunda fase da Operação Luz na Infância, deflagrada nesta quinta-feira (17) em 24 estados e também Distrito Federal, já cumpriu pena por armazenar conteúdo de pornografia infantil e, novamente, teve equipamentos com esse tipo material apreendido durante a ação em Dois Córregos (SP).

Desta vez, a Polícia Civil cumpriu mandado de busca e apreensão na casa do suspeito, na Vila São Pedro. Bruno Rafael Rosa, de 28 anos, foi preso por armazenar e compartilhar material com pornografia infantil. 

Até às 18h, 251 pessoas tinham sido presas na operação em todo o país.

“Nós conseguimos o acesso ao computador dele e encontramos um número grande de vídeos de sexo envolvendo crianças, na faixa etária de 3 a 7 anos, são vídeos realmente chocantes que encontramos ali”, afirma o delegado Márcio Moretto.

Como o suspeito também compartilhava esse material, ele foi preso em flagrante.
“Foi constatado também que esses vídeos eram compartilhados. O computador estava ligado no momento da diligência com o programa de compartilhamento ativo, por isso foi dada a voz de prisão”, completa o delegado.

Em 2015, Bruno já tinha sido preso por armazenar pornografia infantil em computador. Na época a Justiça o condenou a um ano e três meses de prisão.

O material será encaminhado para perícia do Instituto de Criminalística. Bruno Rafael Rosa foi encaminhado à cadeia de Barra Bonita e nesta sexta-feira (18) será levado à audiência de custódia.

Fonte: G1

Juíza determina prisão antecipada de José Dirceu, após decisão do TRF-4

A juíza Gabriela Hardt, substituta na 13ª Vara Federal em Curitiba, determinou nessa quinta-feira (17/5) a prisão do ex-ministro José Dirceu. Ele definiu o início da execução provisória da condenação de Dirceu a 30 anos e nove meses de prisão pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa, em processos ligados à operação “lava jato”.

Conforme a decisão, Dirceu deverá se entregar, até as 17h desta sexta-feira (18/5), na sede da Polícia Federal em Brasília. A ordem da juíza acontece no mesmo dia em que o Tribunal Regional Federal da 4ª Região negou embargos de declaração apresentados pela defesa.

Gabriela afirmou que não cabe ao juízo discutir a ordem do TRF-4. A decisão segue, segundo ela, nova jurisprudência do Supremo Tribunal Federal que admite execução da pena após condenação em segunda instância.

“Agrego apenas que tratando-se de crimes de gravidade, inclusive corrupção e lavagem de dinheiro, com produto do crime calculado em cerca de R$ 46.412.340,00, com somente uma pequena parcela recuperada, a execução após a condenação em segundo grau impõe-se sob pena de dar causa a processos sem fim e a, na prática, impunidade de sérias condutas criminais”, afirmou.

O ex-ministro ficou quase dois anos preso preventivamente, em Curitiba, mas está solto por Habeas Corpus concedido em maio do ano passado pela 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal.

Fonte: Consultor Jurídico