Vida FM Salgueiro FM

Mais visto

Top 10: Notícias mais acessadas de 07/05/2018 a 11/05/2018

1 – Prefeitura de Serra Talhada lança edital de concurso público com 375 vagas

2 – Detenta coloca fogo em colchões e faz armadilha para agentes no Presídio Feminino de Verdejante-PE

3 – Clebel confirma fim de convênio para o transporte de estudantes da rede estadual: “Cada um cuide do seu”

4 – Cidadão apresenta denúncia ao MPF contra outdoor de Bolsonaro instalado em Salgueiro

5 – Prefeito de Salgueiro resolve conceder entrevista coletiva com perguntas livres

6 – Vereador chama prefeito de Salgueiro de mentiroso durante sessão legislativa

7 – Agência do Trabalho de Salgueiro está com seis vagas abertas em cinco cargos

8 – Ministério da Integração afirma que mais de 1.200 operários serão contratados para concluir Eixo Norte da Transposição

9 – Ciel Rodrigues participa do Jogo do Banquinho de Raul Gil ao lado de Tayrone e Frank Aguiar

10 – Agricultora de 40 anos morre em acidente de carro no município de Parnamirim-PE

Xico Sá critica decisão sobre Paulo Preto: ‘Tucanos são inimputáveis’

O jornalista Xico Sá criticou a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes, que, nessa sexta-feira (11), mandou soltar o ex-diretor da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto, operador do PSDB. 

“Deixem os tucanos em paz, eles nasceram inimputáveis e assim seguirão. É coisa da natureza. Não se altera um ecossistema assim do dia para a noite”, escreveu o jornalista em sua conta no Twitter.

De acordo com autoridades suíças, Paulo Preto mantinha o equivalente a R$ 113 milhões em contas fora do Brasil, e o dinheiro recebido por ele é ligado principalmente ao ex-governador José Serra. 

A Operação Lava Jato denunciou o operador do PSDB, em março, por desvio de R$ 7,7 milhões, entre 2009 e 2011. A verba era destinado ao realojamento de famílias desalojadas pela Dersa para a construção do Rodoanel, realizada na gestão do tucano José Serra (2007-2010).

Fonte: Brasil 247

Moro determina abertura de inquérito contra ex-governador do Paraná Beto Richa

O Juiz Sérgio Moro assumiu, neste sábado (12), a investigação da Operação Lava Jato que analisa um possivel favorecimento ilegal cedido à construtora Oderbrecht pelo ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB), em uma licitação da obra da rodovia PR-323, no noroeste do estado.

Como medida, Moro determinou que a Polícia Federal abrisse um inquerito para investigar a possível participação do político no caso. O juiz deu 30 dias para que a PF e o Ministério Público Federal sigam com as investigações.

Apesar das investigações terem sido iniciadas no Superior Tribunal Federal devido ao foro privilegiado do então governador, o caso corre, hoje, na Justiça Federal e sob segredo de justiça.

Em nota, a defesa de Richa ressalta que ainda aguarda que a decisão que moveu o caso para a Justiça Federal seja revertido. 

Fonte: Destak Jornal

Ataque islâmico com faca deixa um morto e 4 feridos no centro de Paris

Uma pessoa morreu e oito ficaram feridas após serem atacadas neste sábado por um homem armado com uma faca na região da Ópera, no centro de Paris. O grupo terrorista Estado Islâmico assumiu a autoria.

O homem, cuja identidade ainda não foi descoberta, gritou “Allahu Akbar” (Alá é grande) no momento da agressão. Os policiais chegaram nove minutos depois e dispararam um teaser contra o terrorista, que não foi neutralizado e acabou morto com dois disparos.

O presidente francês Emmanuel Macron também comentou o caso no Twitter: “Todos os meus pensamentos estão com as vítimas e feridos do ataque com faca perpetrado em Paris esta noite, assim como seus entes queridos. Em nome de todos os franceses, saúdo a coragem dos policiais que neutralizaram o terrorista. A França paga mais uma vez o preço do sangue, mas não cede uma polegada aos inimigos da liberdade.”

Fonte: VEJA

Polícia acha corpos de gêmeos baianos no prédio que caiu em São Paulo

A Polícia Técnico-Científica de São Paulo identificou os restos mortais dos irmãos gêmeos baianos Wendel e Werner, de 10 anos, de acordo com informações divulgadas pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) nesse sábado (12).

Os corpos dos meninos foram encontrados na última quarta-feira (9), no local do desabamento do edifício Wilton Paes de Almeida, no Largo do Paissandu, no Centro de São Paulo.

“O Núcleo de Biologia e Bioquímica do Instituto de Criminalística informa que o DNA recolhido dos remanescentes humanos de duas crianças encontrados na última quarta-feira (9) apresentou vínculo genético com o material fornecido pela família dos gêmeos”, diz nota da SSP.

A mãe deles, a também baiana Selma Almeida da Silva, de 40 anos, ainda é procurada nos escombros. Todos os dias, 250 mil quilos de material são removidos do local, enquanto as buscas seguem.

A técnica de enfermagem Maria Almeida da Silva, lembra com carinho da irmã. “Graças a Deus, a gente era muito chegada. Somos sete irmãos, somos todos unidos. Selma tava em São Paulo, mas não tava jogada”, frisou.

Outros dois filhos de Selma, a menina Kevelyn Almeida da Silva Francisco, 14, e o pequeno Itacir, 9, moram com a avó no povoado de Agreste, a 64 km de Riacho de Santana, no Sudoeste baiano.

Fonte: Correio 24 Horas

Policial de folga, mãe mata ladrão armado em frente a uma escola com crianças em SP

Uma policial militar de folga, que tinha ido participar de uma comemoração de Dia das Mães na escola onde a filha estuda, em Suzano, baleou um suspeito em frente a unidade. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito, de 21 anos, estava com um revólver calibre 38 e já tinha abordado outras mães que aguardavam a abertura do portão, além de ter revistado o segurança da escola para ver se ele estava armado.

Ainda de acordo com a PM, a policial viu a movimentação e ouviu uma mulher dizendo que era assalto. Neste momento, a policial foi se afastando, sacou a arma e disparou três vezes contra o suspeito.

A polícia disse ainda que o suspeito, que já tinha feito um disparo que não acertou ninguém, fez um segundo disparo, que falhou. Foi quando a policial conseguiu se aproximar do suspeito. O suspeito foi socorrido para a Santa Casa de Suzano, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
A policial é do 4° Batalhão de Ações Especiais de Polícia, da Zona Leste da capital. O caso foi encaminhado para o Distrito Policial Central de Suzano.

A ocorrência foi em frente ao Colégio Ferreira Master, unidade particular, que fica no bairro Cidade Cruzeiro do Sul, em Suzano. De acordo com funcionários da escola, mesmo após o ocorrido a comemoração de Dia das Mães foi realizada.

Fonte: G1