Vida FM Salgueiro FM

Mais visto

Top 10: Notícias mais acessadas de 26/02/2018 a 02/03/2018

1 – Parede de reservatório da transposição apresenta rachadura e preocupa moradores do entorno

2 – Homem é assassinado a tiros em residencial do Minha Casa, Minha Vida

3 – Criminoso furta tablet e dinheiro de casa no Residencial Santo Antônio, em Salgueiro

4 – Pernambucanos passam a contar com um novo dia de feriado este mês

5 – Carro que presta serviços à Secretaria de Saúde de Salgueiro é tomado de assalto na estrada de Umãs

6 – Celpe abre seleção de estágio com 27 vagas para Petrolina, Serra Talhada e mais três cidades

7 – ProRural abre seleção com vagas para Salgueiro e outros municípios do Sertão

8 – Pernambucano morre depois de teste físico da Polícia Militar de Alagoas

9 – Transporte escolar atola e estudantes retornam a pé para casa por vários quilômetros na zona rural de Salgueiro

10 – Programa do SBT ridiculariza Ciel Rodrigues em rede nacional e recebe resposta surpreendente do cantor

Artigo: O perfil da mulher na contemporaneidade

Estamos iniciando o mês de março, mês que se comemora o dia internacional da mulher, uma data marcada por luta, sofrimento e morte, mas que nos deixou grandes lições. E por isso vamos abordar um tema muito importante para todos que acompanham o blog, “O perfil da mulher na contemporaneidade”.

Desde as primeiras civilizações que homens e mulheres, de maneira geral, exerciam papéis diferentes na sociedade, e com o tempo a mulher foi conquistando e consolidando seus direitos. Na verdade sabemos que existem vários papeis, mas os espaços são limitados, pois mesmo ela tendo conquistado esses direitos, ainda há resistência por parte de colegas de trabalho, e as mesmas sofrem alguns preconceitos, principalmente em cargo de chefia. Uma grande atitude feminina é que a mulher, hoje, consegue decidir muito melhor o que quer. Por exemplo, atualmente a mulher tem mais domínio sobre seus desejos, a começar pelo casamento e maternidade, ela que agora tem liberdade de escolher se quer, ou quando quer determinada condição de vida, inclusive a de querer dedicar-se exclusivamente a ficar em casa e cuidar da família, desde que seja uma decisão dela, por opção e não mais por imposição ou mesmo obrigação. Aquela imagem da mulher submissa que tem como a sua única atividade a função de ser do lar, que possuía condição exclusiva de ser a esposa perfeita, a mãe cuidadora e a dona de casa exemplar, foi sendo vencida pelo desejo de mudança que a mulher foi adquirindo.

E os costumes repassados da maternidade e casamento deixaram de ser prioridade. Mesmo com vestígios do passado, hoje a mulher tem uma nova visão, sabe como cumpri uma tríplice jornada de trabalho, entre casa, trabalho e família, e ainda sofre com as oscilações mensais, sem perder o foco. E dessa forma, elas precisam mostrar competência, agilidade, instrução e estudo para ocupar cargos ainda muito disputados pela figura masculina. No entanto, assim como as conquistas, vieram também novos obstáculos para a mulher contemporânea, entre eles, a dificuldade de conciliar as atividades no trabalho e na vida familiar, a necessidade de priorizar a atividade profissional em detrimento da vida pessoal, assim dificultando desempenhar com excelência tantos papéis a ela intitulados como o de ser mãe, profissional, esposa, dona de casa entre outros. Algumas mulheres, devido a sua função ou cargo ocupado, tiveram a necessidade de incorporar algumas atitudes antes tidas como exclusivamente masculinas, tais como a força, a frieza racional e a dureza nas decisões, para que de certa forma fossem valorizadas na esfera profissional. Isso não implica que a sua sensibilidade interior seja perdida, mas é uma questão de sobrevivência e defesa em meio a uma sociedade onde o machismo ainda é muito explicito. Esse tema não se limita aqui, ainda há muito que ser dito sobre este assunto, há muitas conquistas a serem vencidas, como a luta pelo direito de muitas escolhas, que ainda tramitam nas instâncias jurídicas. Discutir temas atuais que envolvam assuntos como os direitos das mulheres tais como a sua sexualidade, o aborto, a mudança de sexo, enfim, assuntos que ainda são muito polêmicos para determinadas sociedades cheias de regras moralistas. Bem diferente das causas masculinas. No entanto é uma questão de tempo e consciência para que as pessoas aprendam a respeitar todas as escolhas e decisões não só das mulheres, mas de qualquer pessoa. E que entre as mulheres prevaleça o sentimento de Sororidade. Dessa forma, que a mulher do século XXI conquiste cada dia mais seu espaço como empreendedora, independente, qualificada e confiante.

Por Sara Carvalho – Acadêmica do Curso de Serviço Social da Universidade Federal do Tocantins

Operação Égide: traficante do RJ é detido tentando entrar no ES

Um foragido do Estado de Sergipe que atuava no tráfico de drogas do Rio de Janeiro foi detido na divisa do estado fluminense com o Espírito Santo dentro de um táxi de Vitória, no início da noite desta sexta-feira (2), na BR 101, em Mimoso do Sul. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, que fez a abordagem, o suspeito tentou escapar dando cinco nomes diferentes, mas entrou em contradição diversas vezes.

De acordo com o Superintendente da PRF, Wyllis Lyra, Welington Santos Vieira, de 36 anos, conhecido como “Satanás”, tem mandado de prisão em aberto por homicídio qualificado. Ele é acusado de matar um capitão da Polícia Militar, em Aracaju, Sergipe, em novembro de 2016.

Welington estava acompanhado de uma mulher e de um taxista de Vitória, que ele teria contratado para buscá-lo no Rio e levá-lo para a capital capixaba. O superintendente relata que, no momento da abordagem, o suspeito informou cerca de cinco nomes diferentes. “Nenhum dos nomes que ele dizia foram identificados no nosso sistema. A mulher informou que era esposa dele, mas não sabia dizer a data de nascimento do suposto marido nem o nome da mãe dele, por exemplo”, conta.

Os três foram encaminhados para o DPJ de Cachoeiro, onde foi verificado que se tratava de Wellington, o Satanás, e que ele tinha mandado de prisão em aberto. Segundo a PRF, ele ainda tem passagem por roubo.

A mulher que estava com o acusado e o taxista também serão investigados.

Segundo Lyra, os policiais comemoraram a prisão de Welington. “Na Operação Égide montamos tudo para dar segurança para o Espírito Santo. É bom saber que nossos esforços estão dando resultados. Nós comemoramos, mas sabemos que precisamos fazer um trabalho ético e com respeito aos Direitos Humanos”, concluiu.

Fonte: Gazeta Online

Defesa Civil nacional é acionada para investigar tremor de terra em Maceió

A Prefeitura de Maceió informou na tarde deste sábado (3) que acionou a Defesa Civil nacional para investigar o tremor de terra registrado ontem na capital alagoana. Não há registro de feridos.

O fenômeno deixou moradores desesperados, que saíram de prédios e casas. Asfaltos cederam e rachaduras surgiram em paredes dos imóveis. Pela manhã, a forte chuva também deixou vários estragos na cidade.

Já no final da tarde, a Defesa Civil de Maceió reuniu a imprensa para falar sobre o tremor e pedir à população que não entre em pânico.

O coordenador da Defesa Civil municipal, Dinário Lemos, explicou que estudos sobre esse tipo de fenônomeo são feitos por pesquisadores de órgãos nacionais.

Assim, além da Defesa Civil Nacional foram acionados estudiosos do LabSis (Laboratório Sismológico), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), da Universidade de São Paulo (USP), e da Universidade de Brasília (UnB).

Fonte: G1

Aluno que matou os pais na Universidade de Michigan é preso sem resistir

O estudante que matou seus pais no campus da Universidade Estadual de Michigan foi presos sem resistir depois de uma caçada de durou horas, informaram as autoridades nesse sábado.

O incidente, ocorrido no início da manhã de sexta-feira, fez com que o campus fosse submetido a bloqueios. Alguns alunos ficaram presos nas salas e nos dormitórios até o meio da tarde, enquanto a polícia realizava a busca do suposto atirador.

James Eric Davis, de 19 anos, identificado como universitário, foi detido numa passagem de trem na extremidade norte do campus, um pouco depois da meia-noite, hora local. Os policiais o detiveram sem maiores incidentes.

Ele é acusado de matar seu pai, um policial, e sua mãe em um ataque a tiros dentro de um dos prédios de dormitórios. O porta-voz da Polícia da universidade descreveu como um “tipo de problema familiar”.

O campus, localizado na cidade de Mount Pleasant, no centro de Michigan, ficou fechado por horas após o ataque a tiros às 08h30 (10h30 de Brasília), enquanto as autoridades federais, estaduais e locais procuravam por Davis usando helicópteros e cães policiais. 

Oficiais fortemente armados se espalharam por toda a cidade, e moradores e estudantes tiveram que permanecer onde estavam e trancar as portas.

Funcionários da universidade anunciaram às 15h00 (17h00 de Brasília) que os alunos foram escoltados pela Polícia no momento de deixarem os edifícios. 

Fonte: AFP

Ativista que venceu Nobel da Paz diz que vai indicar Lula para o prêmio

Ganhador do Nobel da Paz em 1980, Adolfo Pérez Esquivel revelou que vai indicar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a próxima edição do prêmio. O argentino se encontrou com o petista nesta sexta-feira, no Instituto Lula, em São Paulo. Os dois posaram juntos para fotos, que acompanharam o anúncio no site do ativista de direitos humanos.

Pérez Esquivel explicou que decidiu indicar Lula no Comitê Nobel da Noruega porque a chegada do petista à presidência “marcou um antes e um depois para o Brasil” e tornou o ex-líder sindical “uma referência internacional da luta contra a pobreza”. O argentino citou que as políticas do ex-presidente tiraram 30 milhões de pessoas da miséria. “Um país inteiro”, avaliou o ativista, que atribuiu ao petista a diminuição da desigualdade.

“Vou propor (o nome de) Lula da Silva para o Prêmio Nobel da Paz”, anunciou o argentino em suas redes sociais.

Segundo o argentino, o encontro serviu para que ele pudesse demonstrar “seu apoio frente à campanha judicial que pretende evitar que seja candidato presidencial em 2018”. Em janeiro, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) manteve a condenação do petista no caso do triplex do Guarujá e aumentou a pena para 12 anos e um mês de prisão. Na visão do ativista, tratou-se de um “julgamento violatório do direito ao devido processo”.

Fonte: O Globo