Vida FM Salgueiro FM

Top 10: Notícias mais acessadas de 15/01/2018 a 19/01/2018

1 – Assaltantes naturais de Salgueiro são mortos em confronto com a polícia Petrolina

2 – Ex-prefeito, ex-secretário e imobiliária são acusados de superfaturamento em Salgueiro

3 – Proprietário do Boteco do Eri morre em Salgueiro por problema de saúde

4 – Quatro vagas de emprego disponíveis na Agência do Trabalho de Salgueiro nesta terceira semana de janeiro

5 – Adolescente tenta matar homem a golpes de facão em Salgueiro

6 – Advogado Gilson Alves diz que população de Verdejante não aceita sediar unidade do regime semiaberto

7 – Homem encapuzado assalta estabelecimento comercial no centro de Verdejante

8 – Marcones Libório é réu em mais uma ação de improbidade administrativa ajuizada pelo Ministério Público

9 – Programação do Carnaval de Salgueiro vai ser divulgada no dia 25 com show de Harmonia do Samba em trio elétrico

10 – Marcones Libório divulga nota de esclarecimento sobre ação civil pública movida pelo Ministério Público

Temer prefere Lula ‘derrotado politicamente’ para que ele não seja ‘vitimizado’

O presidente Michel Temer disse, em entrevista à “Folha de S. Paulo” publicada neste sábado, que prefere que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja derrotado nas urnas a ser proibido pela Justiça de concorrer, para evitar que o petista seja “vitimizado”. Na próxima quarta-feira, dia 24, o ex-presidente será julgado em segunda instância no caso do apartamento tríplex no Guarujá, litoral de São Paulo.

Não posso dizer uma coisa que está sob apreciação no TRF. Agora, acho que se o Lula participar, será uma coisa democrática, o povo vai dizer se quer ou não. Convenhamos, se fosse derrotado politicamente, é melhor do que ser derrotado (na Justiça) porque foi vitimizado. A vitimização não é boa para o país e para um ex-presidente – disse Temer, afirmando que, caso Lula seja impedido de ser candidato, isso vai “agitar o meio político”.

O presidente voltou a defender uma candidatura de centro para “reunificar o país”. Apesar de defender um nome de centro (“se fosse possível, seria útil”), Temer admite que não será fácil a escolha do postulante. Perguntado sobre quem seria o candidato, e se poderia ser o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, ou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), Temer se esquivou:

– Faça essa pergunta a mim em maio deste ano.

Fonte: O Globo

Adolescência agora vai até os 24 anos, diz estudo

Até quando vai a adolescência? Alguns podem achar que ela dura a vida toda. Mas cientistas definiram um período para essa fase da vida, que fica entre a infância e a vida adulta.

Estudo divulgado pela revista científica Lancet Child & Adolescent Health afirma que a definição de adolescência mudou, passando agora para o período entre 10 e 24 anos de idade. Pela definição anterior, essa etapa da vida ia até os 19 anos.

A nova definição reflete mudanças de comportamento, como a demora para concluir os estudos, casar e ter filhos.

De acordo com o estudo, a definição adequada desta etapa da vida é essencial para o desenvolvimento de leis, políticas sociais e serviços.

O estudo lembra que a definição do início da adolescência já foi antecipada anteriormente para 10 anos – costumava ser padronizada como 14.

Fonte: VEJA

Após fuga de 92 presos em RR, polícia faz barreira para impedir entrada de foragidos no AM

Após fuga em massa de 92 presos da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, a maior unidade prisional de Roraima, a polícia no Amazonas montou barreira na BR – 174 (Manaus/Boa Vista) para impedir a entrada de foragidos ao estado.

A fuga em massa ocorreu na madrugada dessa sexta (19) e teve o apoio de criminosos que estavam do lado de fora. Eles cortaram a energia e o presídio ficou às escuras por meia hora.

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas informou, na tarde deste sábado, que foi deflagrada a operação “Monte Cristo” para dar apoio à situação.

“Tomamos as medidas para o bloqueio de possíveis entrada no estado do Amazonas. Evidente que não podemos revelar quais são as medidas especificas, mas elas foram tomadas ainda na madrugada”, disse o secretário de Segurança do Amazonas, Bosco Saraiva.

A ação tem apoio ao efetivo da Polícia Militar em Presidente Figueiredo, bem como a Polícia Rodoviária Federal, com montagem de barreiras policiais na entrada do Estado, além de patrulhamento ostensivo em viaturas na BR-174.

“A referida Operação não tem prazo para acabar e será realizada durante 24 horas, de forma ininterrupta”, informou.

Fonte: G1 Amazonas

Família de bebê atropelada em Copacabana quer indenização

A família da bebê Maria Louize, de 8 meses, que morreu depois de ser atropelada no calçadão da Praia de Copacabana, na última quinta-feira (18), entrará com ação na Justiça pedindo que o motorista do carro pague uma indenização e os custos do tratamento da mãe da menina, Niedja da Silva Araújo – uma das 18 vítimas do acidente. Ela escapou da morte, mas teve fraturas pelo corpo e está em uma cadeira de rodas. Até hoje, Niedja não pôde voltar para a própria casa, na Ladeira dos Tabajaras, uma favela na zona sul, de difícil acesso.

A informação foi dada ontem (20), pelo advogado da família, Carlos Alberto Nascimento, à TV Brasil, durante o enterro da bebê, no Cemitério São João Batista, na zona sul.

“A princípio, entraremos com uma medida cautelar para que o causador do acidente custeie o tratamento e a sobrevivência da mãe da criança, que ele machucou também”, afirmou Nascimento. “Ela está desempregada, não tem condições de se tratar, de comprar medicamentos, de sobreviver, o pai é freelancer, não tem um trabalho fixo”, completou.

Segundo o advogado, até agora, nem o motorista do carro que matou Maria Louize nem a família dele prestaram auxílio ou solidariedade pela morte da menina. “Ele não mandou uma mensagem, nada, ele não nos procurou”, disse.

Carlos Alberto Nascimento também pretende acompanhar o inquérito aberto pela Polícia Civil para investigar o caso. Ele defende que o motorista seja processado por dolo eventual, no qual o autor assume o risco de matar. “Acho que foi, inclusive, um equívoco [da polícia] não ter prendido o autor do fato em flagrante. Um carro que estava em alta velocidade – não estava em velocidade normal, o carro ficou totalmente destruído – uma menina faleceu, outra [vítima] está em estado grave no hospital, pessoas acidentadas, um motorista que estava com a carteira vencida, que omitiu a informação que era portador de epilepsia, provavelmente, não conseguiria tirar a carteira, ele mentiu desde o início.”

Fonte: Terra

STJ autoriza posse de Cristiane Brasil no Ministério do Trabalho

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) aceitou um recurso da Advocacia Geral da União (AGU) e autorizou a posse da deputada federal Cristiane Brasil, do PTB, como ministra do Trabalho.

O presidente Michel Temer estava no Palácio da Alvorada, com o ministro da Justiça, Torquato Jardim, a advogada geral da União, Grace Mendonça, e o subsecretário de assuntos jurídicos da Casa Civil, Gustavo Rocha, quando soube da decisão do vice-presidente do STJ, ministro Humberto Martins.

Na decisão, o ministro diz que fixar entraves à regular operação do Ministério do Trabalho “induz graves riscos à economia brasileira” e que “em nosso ordenamento jurídico não existe norma que vede a nomeação de qualquer cidadão para exercer o cargo de ministro do Trabalho em razão de ter sofrido condenação trabalhista”.

A deputada Cristiane Brasil, do PTB do Rio, foi processada por dois ex-funcionários por não ter assinado a carteira de trabalho deles. Em uma das ações, ela foi condenada pela justiça. O governo só conseguiu reestabelecer a nomeação de Cristiane Brasil depois de quatro recursos à justiça. Os três primeiros, no Tribunal Regional Federal da 2ª Região, foram negados. 

Fonte: Jornal Nacional